Arquivo de etiquetas: pequenos luxos

Flores do meu jardim

Temos rosas, gentis, ufanas, pomposas, alguém a disse flor do amor e talvez por isso o seu vermelho seja tão vibrante quanto a paixão. Também as temos brancas e com cor de de si próprias, rosa pálido tal qual o […]

Ler mais

Férias … sem televisão!

Acho que nunca passei um dia sem que a televisão da casa estivesse ligada quanto mais não fosse para ouvir música, por isso gosto particularmente do canal Mezzo, e saber das notícias. Claro que sigo regularmente uma ou outra novela, […]

Ler mais

Quando a música toca os céus!

Branca e alcantilada assim é Marvão, um verdadeiro tesouro na serra de São Mamede, guardado há séculos pelas muralhas que se sabem anteriores à conquista de Afonso, nosso primeiro rei. Não havia Christoph Poppen de por ela se apaixonar quando […]

Ler mais

Flores de Dona Vicença

Não se sabe ao certo quando é que o homem começou a usar flor na lapela, em ocasiões especiais, como por exemplo no dia do seu casamento, se bem que haja quem diga que o hábito vem do século XIX […]

Ler mais

A Arte na Fé ou a Fé na Arte!

Nelas há quem concentre a sua dor, esperança e gratidão. São imagens sacras e não só, vindas de todas as Catedrais do país, ilhas incluídas, até de algumas que foram e já não o são, como a de Pinhel e […]

Ler mais

À sombra dos jacarandás!

Podia ser Lisboa a pintar-se de lilás, que em chegando a Primavera é certo que os jacarandás da cidade, e tantos são, começam a dar flor. Mas foi em Estremoz que me deixei surpreender por tamanha glória, ao ver que […]

Ler mais

O meu lago!

A barragem não teria mais de um hectare e meio de água, quando comprámos a herdade há três anos. Sabiamo-la cheia de achigã, peixe de água doce muito apreciado por estas bandas. Com a inclemência do passado Verão, e meses […]

Ler mais

O (meu) jardim!

Destaca-se intramuros pelo tapete de relva sempre aparado, gosto do seu cheiro depois de cortado, e pelos canteiros, que o orlam, agora floridos num triunfo de cores e olores. Misturam-se flores e plantas de aromas, entre rosas vermelhas, brancas e […]

Ler mais

Missão bem sucedida!

Disse que sim sem pensar, era daqueles desafios que nunca me haviam passado pela cabeça uma vez que há muito estava entregue à Teresa, tendo-se-lhe colado à pele de tal modo que já não o imaginávamos sem ela. Lembrei-me então […]

Ler mais

“Enjoy the day!”

“Enjoy the day!” – era o que mais se ouvia da boca dos polícias britânicos, e se eram aos magotes, sempre de sorriso nos lábios e prontos a esclarecer qualquer dúvida. Windsor foi por estes dias uma cidade em festa, […]

Ler mais