Uma pasta à maneira!


Hoje apetece-nos uma “pasta à carbonara”, faz-se com pouco e é deliciosa. Fazêmo-la ao nosso jeito, juntando-lhe uma colherzinha de mostarda de Dijon, mas no essencial seguimos os preceitos tal qual a receita original. E nada de natas, como alguns pensam, que o molho e maciez são-lhe dadas pelas gemas e apenas isso.

Tem-se bacon, comprámo-lo de porco preto e sem aditivos (é importante, por isso leia sempre os rótulos) e corta-se em cubinhos. Picam-se duas chalotas (não tem? Faça com cebola) e 2 dentes de alho. Pica-se salsa a gosto. Cá no monte temo-la da frisada, por isso foi a que usámos. Separámos ainda seis gemas e misturámo-las bem. Por fim é o queijo que se quer do Parmesão e ralado na hora.

Agora vamos à preparação da receita:

Numa panela põe-se água a ferver com um pouquinho de sal e um fio de azeite. Quando a água começar a ferver em cachão junta-se o esparguete (cem gramas por pessoa e sem o partir).

Enquanto a massa coze, levamos ao lume uma frigideira funda com os cubinhos de bacon para dourarem bem na sua própria gordura. Só depois do bacon bem dourado é que se juntam chalotas e alho picados. Deixa-se cozinhar. Junta-se a mostarda e mexe-se.

Uma vez a massa cozida “al dente” é escorrida e junta-se esta na frigideira do bacon. Mistura-se bem para que a massa ganhe o gosto do bacon, chalota e alho. Junta-se um pouquinho da água quente da cozedura da massa às gemas, mexendo sempre.

Deitam-se as gemas assim diluídas na frigideira, já fora do lume mas ainda bem quente, sobre a massa e mexe-se bem, com cuidado e movimentos envolventes. O bacon é salgado, por isso é só verificar se precisa de mais uma pitada.

Juntámos salsa picada e servimos com bastante queijo parmesão ralado.

21 comentários a “Uma pasta à maneira!

  1. Rosario

    No Alentejo é tudo bom, as comidas são belas com sabores genuínos, abençoados Alentejanos que adicionaram, as ervas aromáticas que dão distinção aos pratos excelentemente saborosos

    Responder
  2. Dina

    Fiz hoje mas como sempre tive que lhe dar o meu toque…troquei o esparguete por linguini, reduzi a quantidade de queijo por uma questão de gosto pessoal e acompanhei com azeitonas pretas, acho que as azeitonas ficam bem com massas… é pena não ter hipótese de mandar foto…ficou muito bonita porque o linguini era daqueles coloridos…

    Responder
  3. Manuela Isidoro

    Hum, com todas as restrições existentes no momento e um Covid19 sempre à espreita, nada como uma carbonara, bem elaborada para restabelecer a alma! Bom domingo e boa semana, que vou fazer o mesmo!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *