Arquivo da Categoria: MEMÓRIAS

Uma foto com história!

Tem vinte anos esta foto! Foi tirada em Macau, na Praça do Leal Senado, cenário para dois programas especiais da “Praça de Alegria”, meses antes da soberania do território ter sido transferida para a China. Esse foi aliás o pretexto […]

Ler mais

Morreu Jeanne Moreau

Foi das actrizes que recebi no programa “Momentos de Glória”, vai para 25 anos, a que mais me impressionou pela sua cultura, pela sua densidade, pelo que conhecia do nosso país e do nosso cinema. Já conhecia Lisboa de outras […]

Ler mais

Para ver a banda … tocar!

Sempre gostei de bandas filarmónicas, muito antes de perceber a importância que têm assumido na educação musical e artística de gerações de portugueses. Verdadeiros conservatórios populares, as bandas filarmónicas nasceram dos ideais da Liberdade e da Fraternidade, com o intuito […]

Ler mais

Carta a meu pai

Em que estarias a pensar quando me pegaste ao colo? Sei que torceste um pé, tais os pulos de contentamento por eu ter nascido, naquele dia de Natal. Olha que bela prenda a Vida te deu! Que planos terias para […]

Ler mais

Objectos da memória!

No monte guardo objectos que me fazem viajar a um tempo já distante mas não perdido, que deste jeito avivo memórias e estórias de quando era catraio e tudo me deslumbrava. Sobre a lareira há uma fiada de utensílios de […]

Ler mais

A que cheiro?!

Ricardo Claudino foi modelo e tem formação superior em Desporto mas apaixonado que é por fragrâncias diferentes, foi nos perfumes que encontrou o seu actual modo de vida. Uma semana antes do Natal abriu a sua perfumaria de nicho, tais […]

Ler mais

Bolo-Rei

Hoje é dia de o comer! E logo eu que sou capaz de aviar um, quase de uma assentada. Com fartura de frutos cristalizados e massa fofa, que nisso sou pela tradição, por muito que gabem o bolo rainha, apenas […]

Ler mais

Viagem à nossa infância

É o que lhe proponho, se andar para os lados de Estremoz, que no Palácio dos Marqueses de Praia e Monforte, em boa hora comprado e recuperado pela autarquia, exibe-se agora uma exposição de brinquedos portugueses, a partir da paixão […]

Ler mais

O filme da minha vida

Amanhã celebra-se o cinema, no seu dia mundial, é sempre assim a cinco de Novembro, e por isso já houve quem hoje me fizesse a pergunta sacramental: qual o filme da minha vida? A resposta nunca é fácil tantas as […]

Ler mais

Voltei ao Teatro

Desta é que foi, voltei a entrar no Teatro Bernardim Ribeiro, em Estremoz, quarenta anos depois de ali ter subido ao palco, como actor e integrando a companhia Teatro do Povo, de Pedro Pinheiro, no decorrer de uma digressão feita […]

Ler mais