Arquivo da Categoria: PEQUENOS LUXOS

Pela manhã

Fatia-se o pão de mistura e sementes e o pão finto, e dá-se-lhes uma quentura. Hão-de levar uma carícia de doce de tomate e nozes, o melhor que alguma vez provei, feito pela mãe da Fátima, a mulher do “Tola”, […]

Ler mais

Viver no campo!

Não … ainda não vivo, “faço de conta” sempre que posso e sinto-me canhestro em funções tão básicas como a de dar de comer às ovelhas ou espalhar a palha no campo para ajudar ao sustento das éguas, agora que […]

Ler mais

A senhora das palavras

Não, não é um musical à La Féria, com uma grande montagem, grande produção, grande (em número) elenco, enfim, com tudo em grande! Simone merecê-lo-ia! E nós também! É porém um espectáculo imperdível pela contenção, pela elegância e sobretudo pelas […]

Ler mais

Mesa posta! E paparoca!

Se me acompanha por aqui sabe como gosto de vestir uma mesa consoante seja para um almoço ou para a janta, seja ao ar livre ou dentro de portas. Desta vez era um jantar de fim Verão, informal, nada que […]

Ler mais

No Monte da Ravasqueira

Um vinho para grandes momentos! Curiosamente, não foi no seu chão que o provei pela primeira vez, mas sim no restaurante da praia da Adraga, em Almoçageme, que volta e meia gosto de lá ir provar do seu peixe, sempre […]

Ler mais

Novos inquilinos

“Matreira, fagueira e lambisqueira” assim era Salta-Pocinhas, a raposeta de Aquilino, cujas aventuras me encantaram em miúdo, sendo que o seu “Malhadinhas” também foi dos meus primeiros livros e talvez por isso cedo me rendi à sua prosa, e muito […]

Ler mais

De volta!

Andei longe … dentro de mim. As férias são isso: um tempo sem culpas, pela hora da levanta, pelo livro que se deixa a meio, pelo copo além da conta, pela gargalhada mais estridente, pela conversa solta … mas também […]

Ler mais

Meias Gallo – A calçar desde 1927!

Meias sempre, a não ser no Verão que é quando as dispenso se estiver a usar jeans com sapatilhas ou sapatos casuais, e nunca outras que não sejam até ao joelho, não correndo assim o risco de, em cruzando a […]

Ler mais

Barba e cabelo

Isto de viver na zona de Sintra e trabalhar diariamente em Queluz acaba por me afastar, muitas vezes, da cidade grande. Sempre que vou ao Chiado, por exemplo, dou por mim a pensar que tenho de regressar mais amiúde para […]

Ler mais