Arquivo de etiquetas: arte

Um mundo à parte!

Tudo começou por uma alface, não comestível, comprada na loja do magnífico Museu do Azulejo e logo quis saber quem era o autor, encantado que fiquei com a peça. Pesquisa feita na internet, percebi que tinha sido uma ceramista a […]

Ler mais

Em São Roque

Uma ida à Igreja e ao Museu de São Roque é das poucas memórias que tenho com o meu pai em Lisboa, por certo durante umas férias com ele passadas. Conservo também na lembrança que a primeira vez que fui […]

Ler mais

Da alface ao mocho

Contei-lhe aqui no sábado, mal chegado a casa, depois de uma manhã passada, e muito bem, no Museu Nacional do Azulejo, visita que recomendo, como fui seduzido por uma alface em cerâmica e como procurei saber mais da sua criadora, […]

Ler mais

Roupa Feliz!

Diz que um desfile é para si como uma festa de aniversário é para qualquer pessoa, tal a alegria que sente e transmite através da roupa que desenha e usa. Roupa feliz, como a que se exibe agora no Palácio […]

Ler mais

Quando os sapatos são arte!

“Os sapatos do Manolo são melhor que sexo e ainda por cima duram mais!” – quem o disse foi Madonna, referindo-se à paixão de Manolo Blannik, o icónico criador. Manolo Blannik cedo conquistou, com o seu trabalho, um público exigente […]

Ler mais

Na casa da Ópera

Se me perguntassem qual é o meu maior luxo não hesitaria na resposta: sentar-me, volta e meia, no “Alla Scala” de Milão. Gosto de ópera, de bailado, de música clássica … é a Arte que me leva a viajar. Frequento […]

Ler mais

Com Rodin

A primeira vez que estive junto às obras de Rodin foi, curiosamente, em Viena e por mero acaso. Caminhando sem destino pelo centro histórico, dei de caras com uma exposição retrospectiva das mais importantes obras do escultor. Foi uma emoção, […]

Ler mais

Postal de Bordéus

Praça da Bolsa Onde estou costuma haver um espelho de água que reflecte toda a Praça. Catedral de Bordéus Porta medieval, a principal da cidade de então. Arte urbana junto ao Grande Teatro Pormenor do monumento aos girondinos, um dos […]

Ler mais

Na “casa” de Bernard Magrez

Bernard Magrez, de oitenta e dois anos, tem a quarta maior fortuna de França. Senhor de quarenta propriedades vinícolas, tem nos últimos quarenta anos dedicado a sua vida a elevar os seus vinhos ao patamar da mais celebrada excelência. O […]

Ler mais

Um olhar real

Não me canso de visitar o Palácio Nacional da Ajuda, tanto é o que descubro a cada ida, entre salas, objectos, livros e exposições temporárias. Mercê da dedicação do seu director José Alberto Ribeiro, há sempre iniciativas a acontecer naquele […]

Ler mais