Arquivo de etiquetas: moda

De volta!

Ainda há duas semanas acabou uma série de “A tua cara não me é estranha” e já estamos de volta, agora ao domingo, se bem que para uma série mais pequena de galas especiais. Já está tudo gravado, mas a […]

Ler mais

Um sábado diferente

Mais fotos e agora também um vídeo a propósito do desfile dos sapatos do criador Carlos Santos e do aparecimento de uma “nova estrela” (risos).

Ler mais

“Olhó” top-model!

Descontraído não é sinónimo de desleixado. Porque é que em férias não hei-de cuidar, igualmente, da forma como me apresento? Faço-o pelos outros, uma vez que não estou fechado em casa, faço-o acima de tudo por mim. Acho que herdei […]

Ler mais

Os laços do Tio Goucha

Brincar com as cores, misturar peças, desde que a baldroca fizesse sentido, e usar laços no tom. Estava criado o visual para o meu papel de jurado no primeiro MasterChef Junior de Portugal. Por vários laços que tivesse estava longe […]

Ler mais

Elegância e glamour

Ontem vi duas partes dos “Globos de Ouro”, é que apesar de estar de férias – e não morto como um site de notícias falsas fez o favor de anunciar (esqueceram-se de me avisar foi o que foi! Por isso, […]

Ler mais

Marcas de uma festa

De quando em vez, dá-me para isto: um exercício de mera vaidade, se bem que entenda a moda como coisa bem mais importante, capaz de nos fornecer todo um precioso material sobre as evoluções estéticas e sociais de um tempo. […]

Ler mais

Gosto de Lenços

Gosto de usar lenço no bolso do casaco, acho que compõe o visual, mesmo que esteja de “jeens” e “blazer”, e assumindo, assim, uma postura mais descontraída. Neste caso, será ele a conferir-lhe o toque de elegância despreocupada. Nos anos cinquenta […]

Ler mais

História de um casaco

Falar de um casaco só por si pode parecer coisa fútil, se bem que eu entenda a moda sempre de outro jeito, mas, por certo, deixará de o ser se por via dele eu aproveitar para aqui lembrar um homem, prematuramente desaparecido, que […]

Ler mais

A modernidade do burel

Não teria mais de nove anos: de férias em Lisboa na casa do meu pai lembro-me dele me ter levado a uma loja de roupa para me comprar um sobretudo. Era cinza muito claro, da cor do frio, se a […]

Ler mais

No estúdio de Yves Saint Laurent

Desengane­-se se pensa que chega à Fundação Pierre Bergé-­Yves Saint Laurent, em Paris, compra um bilhete e assim ganha o direito de entrar no estúdio do criador de moda. Não, o ingresso terá de ser adquirido atempadamente através deste sítio […]

Ler mais