O sobretudo da Carolina … ó i ó aí!

Já aqui lhe falei da Rosinha, uma das senhoras que, há anos, se senta na plateia do “Você na TV” e que acaba por se fazer notar pela suas encantadoras delicadeza e discrição. Um dia disse-me ter uma cunhada, a Carolina, que acompanha o programa e gosta de mim, que me queria dar tecidos para eu fazer casacos. O marido, irmão da Rosinha, havia comprado há uns 40 anos todo o estoque de uma loja que entretanto havia encerrado portas, já que o casal também ele tinha um negócio na área do vestuário, mas uma vez que ele havia falecido há um ano a senhora queria desfazer-se de todos aqueles rolos de fazendas que se amontoavam na cave da sua casa. Confesso que sou avesso a ofertas, gosto de dar e pouco de receber, muito pelo respeito que tenho pelo trabalho dos outros, por isso tenho por hábito recusar tudo quanto os convidados do programa procuram oferecer-me ( se gosto, compro) mesmo correndo o risco de ser mal interpretado. Perante a insistência continuada da cunhada da Rosinha lá fui um dia a casa da senhora, fazendo-me acompanhar pelo Paulo Battista, celebrado alfaiate com quem trabalho, ninguém melhor que ele me poderia indicar a melhor opção em termos de material para se fazer um fato, completo de três peças, um casaco ou um sobretudo. Embasbacámos com muitas das fazendas que na casa da Carolina se amontoavam, pela qualidade, pelos padrões, dos espinhados aos quadrados, pelo facto também de percebermos que muito daquilo já não se fabrica, o que também garantia a quase exclusividade do com eles entretanto se poderia fazer. Obriga-me o pudor a não dizer-lhe quantas fazendas escolhi, por vontade da Carolina teriam sido todas, mas uma houve, em particular, que me deixou ansioso pelo resultado final. Confiei uma vez mais ao talento do Paulo e ao seu arrojo a confecção deste sobretudo alaranjado e cinzento e mal fiz a primeira prova logo percebi, pela sua estrutura, que seria impactante. Não imagina o “êxito” que obtive ao fazê-lo passear pelas ruas de Viena em plena quadra natalícia. Já não é a primeira vez que me dei conta do hábito que muitos estrangeiros têm de gabarem os outros, em plena via pública, quando algo do seu vestuário lhes agrada. Já havia acontecido comigo em Paris e Nova Iorque, penso mesmo que na altura falei disso aqui no blogue, eu próprio comecei a fazê-lo quando a elegância de uma pessoa me surpreende, mas nada se assemelha ao que se passou agora, na capital austríaca. Foram dezenas as vezes, não estou a exagerar, em que austríacos e turistas de outros países me abordaram para gabar o sobretudo, pela cor e muito pelo corte. “Nice coat”, foi a frase que mais ouvi. Houve mesmo uma senhora francesa, da minha geração, que quis saber onde o tinha comprado. Foi uma vez mais a oportunidade para falar no Paulo Battista e no detalhe da sua confecção, tal como este escrito é a oportunidade de agradecer a simpatia e generosidade da Carolina, uma fiel espectadora, que resolveu partilhar comigo parte do “tesouro” têxtil que a sua cave guardava há décadas. Vestir este sobretudo laranja é levar comigo também a história de um amor que durante muitos anos uniu Carolina ao seu marido, o mesmo que um dia comprou todo um estoque de uma loja de fazendas…

45 comentários a “O sobretudo da Carolina … ó i ó aí!

  1. maria augusta

    Manuel Luis, eu gostei muito do seu casaco, e, da história que contou mas o que me leva a escrever e como por muito que tentasse não consegui de outra maneira e como também tem a ver com moda é o caso engraçado, que hoje se passou no seu programa ao ver aquela senhora apresentar aquele cascol com capuz e luvas pegadas, lembrei-me logo de um que o meu marido trouxe do Canadá para a nossa filha há uns quarenta anos e que via nos filmes daquela época nas crianças por vezes com casacos a condizer, fiquei encantada quando o vesti´á minha filha, tenho pena de não ter nenhuma foto , um beijinho adoro o vosso programa!

    Responder
  2. CMC

    Parabéns Manuel Luís, pelo seu aniversário, pelo ser humano maravilhoso que é e pela sua presença que nos faz sentir bem.
    Sei que é um homem vaidoso, tal como eu sou e tenho todo o orgulho em o ser desde a minha meninice, contudo, isto não faz de mim menos humilde, valor que prezo muito. Sei que até posso parecer convencida, mas o que aconteceu ao Manuel Luís sobre o abordarem pela beleza da sua roupa, a mim também já me aconteceu mais do que uma vez (fora de Portugal). Fico feliz quando tal acontece, porque para mim também é humildade elogiar aqueles que não conhecemos, o que não é muito comum no ser humano, infelizmente. Eu aprendo com seres como estes.
    O meu bem haja.

    Responder
  3. CMC

    Parabéns Manuel Luís, pelo seu aniversário e pelo ser humano maravilhoso que é.
    Sei que é um homem vaidoso, tal como eu sou e tenho todo o orgulho em o ser desde a minha meninice, contudo, isto não faz de mim menos humilde, valor que prezo muito. Sei que até posso parecer convencida, mas o que aconteceu ao Manuel Luís sobre o abordarem pela beleza da sua roupa, a mim também já me aconteceu mais do que uma vez (fora de Portugal). Fico feliz quando tal acontece, porque para mim também é humildade elogiar aqueles que não conhecemos, o que não é muito comum no ser humano, infelizmente. Eu aprendo com seres como estes.
    O meu bem haja.

    Responder
  4. Ana Lage

    Adorei o sobretudo é realmente fantástico, a conjugação das cores ficaram perfeitas , parabéns ao Paulo.
    Parabéns atrasados pra si tambem e UM BOM ANO 2018 .
    Bjinhos da Islândia para si e sua companheira das manhãs .

    Responder
  5. Sandra Lourenço

    Boa noite Manuel Luís Goucha! Venho por este meio dar-lhe os parabéns pelo seu aniversário no dia de ontem, e dar os parabéns pelo novo desafio que vai abraçar, sendo o apresentador da nova casa dos segredos. Acho que se vai sair muito bem, como em tudo aquilo que vai fazendo. Claro que vai ser um registo diferente da Teresa Guilherme, que é uma pessoa muito emotiva ou não fosse ela do signo caranguejo tal como eu sou e quantas vezes me emocionei a ve-la. O Manuel Luís na minha opinião, à medida que os anos vão passando vai estando cada vez melhor, mais solto e desinibido mas sempre com uma grande postura. Neste género programas o que precisa é ser aquilo que é, verdadeiro e picar um bocadinho os concorrentes, que é isso que os telespectadores gostam e certamente que vai tudo correr muito bem. Desejo-lhe muito boa sorte. E terminando o meu comentário, o casaco é lindíssimo e fica-lhe muitíssimo bem. Um grande beijinho da Sandra Lourenço

    Responder
  6. Dália M

    Ainda que com um dia de atraso…Parabéns (se me permite a ousadia) com carinho por mais um aniversário…e também pelo casaco…que é a “sua cara”.

    Responder
  7. julia

    Ola Manuel porque razao Paulo nao abre uma lojinha em Paris tenho a certeza que iria ter mt sucesso a mim me encanta os seus cortes e o goto que tem pela mistura de cores esse sobretudo se venderia muito bem fora de Portugal e por um preco bastante .Um abraco

    Responder
  8. Ana Maria Mendonça Ferreira

    Parabéns Manuel Luis Goucha, pelo dia do seu Aniversário de ontem dia 25/12, não consegui enviar ontem e hoje que tenho estado a ver o programa, estou a tentar enviar hoje. Desejo muita Saúde e Felicidades, junto dos seus Entes Queridos! Manuel Luis é Uma Pessoa de quem gosto Muito, é muito Culto, e muito Justo. E termino , teria muito para lhe dizer., mas não quero estar cansa-lo

    BEIJINHOS

    Responder
  9. Carla

    Parabéns Manuel!!
    Parabéns também pela pessoa que é, tenha a certeza que muitos o admiram pelas melhores razões.

    A ave sai do ovo. O ovo é o mundo. Quem quiser nascer precisa destruir um mundo.”
    Hermann Hesse

    Adorei o seu casaco!

    Abraço Forte
    Carla

    Responder
  10. Natércia

    Desejo-lhe uma boa semana e um Feliz 2018, com saúde e com essa alegria que lhe é peculiar. Obrigada por tornar os meus dias mais Felizes. Um abraço de gratidão.

    Responder
  11. Fatima Bartolo

    Não costume comentar artigos mas, desta vez, estou completamente rendida ao casaco do Goucha. Simplesmente maravilhoso, parabéns pelo arrojo da escolha dos tecidos e pela irrepreensível confecção! A idade não impede que mantenhamos o nosso estilo, mesmo por mais arrojado que seja. Continue sempre assim com essa irreverência maravilhosa! Parabéns mais uma vez!

    Responder
  12. Rita Almeida

    Goucha, o seu casaco é lindíssimo . A escolha da cor não poderia ter sido melhor. Poderia ajudar a senhora a vender os tecidos raríssimos, que ela tem. Faça divulgação no seu programa. Tudo de bom para sim. Beijinhos

    Responder
    1. Vanda Gomes

      Também adoro o seu sobretudo.
      Eu adoro casacos compridos mas esse é realmente lindo.
      Não só a combinação de cores como os excelentes acabamentos.
      Parabéns, porque hoje é o seu aniversário.
      Beijinhos

      Responder
  13. Céu Girão

    Obrigada pela partilha da história do sobretudo…
    Se eu já gostava dele sem saber da beleza da história, agora ainda gosto mais porque há aí muito amor representado.
    O da vontade de oferecer… o que estava em quem teceu tão belos tecidos… de quem comprou… e agora??? De quem o escolheu… trabalhou e de quem o usa Parabéns e muita saúde!!! Hoje, o menino Goucha é bebé beijinhos

    Responder
  14. Otília Costa

    Parabéns, e não é pelo aniversário! Sim, aniversário todos fazemos , mas não é isso que nos torna diferentes e distintos. A distinção e a diferença que não se projecta mas deixemos que aconteça. Parabéns, por deixar que possamos partilhar dessa diferença, desse bom gosto, dessa humildade,desse charme. Parabéns por existir da forma que existe!
    Um beijinho Goucha.

    Responder
  15. Nuno Valente

    Boa noite Manuel Luís, como já lhe havia dito achei sobervo o sobretudo (julgava eu que era um casaco visto na filmagem de boas festas só se ver da cintura para cima). Só alguém com essebom arrojo estaria a altura de vestir tão bela peça. Quanto ao Paulo Batista pelo trabalho elaborado só me cabe dizer que é um grande Senhor na arte da alfaiataria. Se me permite opinar, o Manuel fez muito bem em ter aceite as fazendas, assim como o Manuel se sente melhor em retribuir do que em receber, talvez essa senhora seja parecida ao Manuel nesse aspeto. Se encontrou essas relíquias, faça delas “magia”.
    Feliz aniversário. O amigo,
    Nuno Valente

    Responder
  16. Madalena Costa

    Na realidade é de gabar o seu bom gosto….mas acima de tudo tem que se ter estilo para se vestir assim .. Não está ao alcance de qualquer um … parabéns

    Responder
  17. Nuno Valente

    Como lhe havia dito anteriormente Manuel Luís, achei sobervo o casaco (julgava eu que o era porque só se via da cintura para cima na filmagem de boas festas). Ficou lindo, uma peça única e que destaca-se bem pela diferença e pelo bom gosto. O Paulo Batista a meu ver é um autêntico Senhor na arte da alfaiataria. Se me permite, na minha humilde opinião fez muito bem em ter aceite a oferta, assim como o Manuel gosta mais de dar que receber, existem outras tantas pessoas que têm essa mesma generosidade.
    Continuação de um feliz e santo Natal e um maravilhoso dia de aniversário.
    Nuno Valente.

    Responder
  18. Alexandra Santos

    Adoro o casaco quer pelo contraste de cores quer pelo corte. Parabéns pelo aniversário que espero que repita durante muitos anos. Parabéns pela coragem de vestir o que gosta o que o torna, para mim, uma referência.

    Responder
  19. Maria Estefânia Santos

    Lindo sobretudo,e bonita cor.Aliás gosto da maneira com o Sr.Manuel Luís Goucha veste.Tudo lhe fica bem.Muitos Parabéns pelo seu aniversário. E aproveite a vida porque como sabe ela passa depressa demais.

    Responder
    1. Rita Almeida

      Goucha, o seu casaco é lindíssimo . A escolha da cor não poderia ter sido melhor. Poderia ajudar a senhora a vender os tecidos raríssimos, que ela tem. Faça divulgação no seu programa. Tudo de bom para sim. Beijinhos

      Responder
  20. Lurdes Barbosa

    Maravilhoso!
    Tenho muita admiração pelo escelente trabalho de Paulo Battista, talvez por partilhar a mesma arte, mas sinto uma enorme simpatia pela pessoa do sr. M.l. Goucha, além do profissionalismo e simpatia, tem muito bom gosto na hora de vestir.
    Melhores cumprimentos!

    Responder
  21. Célia Ramos

    Sabe , quando o vi com o sobretudo pensei, parece um soldadinho de chumbo, mas nada de depreciativo, não senhor, pela elegância, essa gola subida é TUDO! Parabéns pelo arrojo na cor (porque de aniversário, quem está a contar :p) e ao Paulo pelo talento.

    Responder
  22. Ines Ribeiro

    Parabéns Manuel Luís pelos seus e meus 63 e se fosse vivo hoje o meu filho também faria 43 anos por tudo isso os meus sinceros parabéns até amanhã um abraço

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *