Pelos caminhos… da Madeira

fotografia1

Consumidor com alguma assiduidade da marca “Relais & Chateaux”, era natural que procurasse se na Madeira existia alguma unidade hoteleira pertencente à cadeia. E foi assim que descobri a “Casa Velha do Palheiro”. Em boa hora me decidi por ela, que em chegando logo dei conta da beleza do sítio e da amabilidade e eficácia de quem nos recebe.

Mas vamos por partes: a Casa foi em tempos um pavilhão de caça construído pelo primeiro Conde de Carvalhal, em 1801, como residência de Verão, já que no mais do tempo habitava o Palácio de São Pedro, onde hoje é o Museu de História Natural do Funchal. Em 1885 a propriedade foi comprada em hasta pública, por John Burden da terceira geração dos Blandy, família ligada a vários negócios na ilha, nomeadamente ao do vinho Madeira. O segundo Conde de Carvalhal, sobrinho e único herdeiro, havia desbaratado toda a fortuna, numa vida de grande extravagância e luxo nas mais famosas capitais europeias. Diz-se mesmo que numa ocasião chegou a contratar a Ópera de Paris para abrilhantar um serão com amigos.

Com os Blandy toda a propriedade recuperaria o fausto perdido, a começar pelos jardins  magníficos com inúmeras plantas importadas e que seriam abertos ao público por iniciativa de Mildred Blandy. Já a recuperação da Casa Velha e a sua conversão em hotel/estalagem de luxo, iniciada em 1995, se fica a dever a Cristina e Adam Blandy, sendo que desde 2001 faz parte da associação “Relais & Chateaux”, o que só por si é garantia de excelência.

A família Blandy continua por perto, residindo nos jardins numa casa ainda maior que a do hotel e por isso também quase que nos sentimos seus convidados, a exemplo de figuras gradas que por estas paragens andaram. usufruindo da sua hospitalidade e do encanto de toda a propriedade (D. Carlos e D. Amélia, Eduardo e Sofia condessa de Wessex, Princesa Vitória da Suécia, Margareth Tatcher…)

Tão bem estar se fica a dever também ao profissionalismo e simpatia de quem nos recebe. Não há um elemento que seja de todo o staff que não nos brinde diariamente com um sorriso e gentis palavras, procurando mesmo antecipar-se aos nossos desejos. Por isso os clientes voltam amiúde, sejam eles de onde forem. Tal como eu o farei, tenho a certeza, agora que encontrei este refúgio de paz tão retemperador face ao bulício da cidade e dos afectos à solta.

fotografia 2 fotografia3 fotografia4 fotografia5 fotografia6 fotografia7 fotografia8 fotografia9 fotografia10 fotografia 11

fotografia1_2 fotografia2_2 fotografia3_2 fotografia17_2 fotografia18_2 fotografia19_2 fotografia20_2 fotografia21_2 fotografia16_2 fotografia15_2 fotografia14_2

fotografia9_2fotografia8_2fotografia7_2

fotografia10_2fotografia11_2fotografia12_2

fotografia13_2fotografia4_2fotografia5_2fotografia6_2

 

20 comentários a “Pelos caminhos… da Madeira

  1. Rúben Melo

    Boa Tarde Manuel Luis Goucha 🙂
    Antes demais queria lhe desejar um óptimo ano de 2015 extensivo a toda a sua família e amigos. Tenho 33 anos e já visitei por 13 vezes essa bonita ilha sempre em Turismo e ainda tenho muito por descobrir nessa ilha ( e viajar para mim é uma paixão tanto que me licenciei na área (apesar de agora estar sem trabalho) pelo que adorei esta sua publicação (em especial por ter uma paixão enorme por esta ilha que tão bem nos recebe) como todas as outras que publica relacionadas com as suas viagens e que também me servem de inspiração para as minhas viagens 🙂

    Abraço

    Rúben Melo 🙂

    Responder
  2. Maria Emilia Silva Santosmaria

    A Madeira é linda eu já lá estive,e o filme que o Manuel fez está muito bonito, aliás como tudo o que faz o Manuel e a Cristina são um espetáculo, gosto muito de vocês, beijinhos aos dois e também para a sua Mãe desejo um ano de 2015 com tudo de bom

    Responder
  3. Lígia Gonçalves

    Sr. Manuel Luis Goucha;
    Espero que tenham tido um agradável regresso a casa.
    Uma vez mais muito obrigada pela sua visita, pelas espectaculares fotos da nossa Casa Velha e Jardins do Palheiro. “Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii” a foto da nossa Julieta! Está tão linnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnda a nossa gatona! Foi para mim uma honra tê-lo conhecido bem como as pessoas que o acompanharam. Bem hajam, beijinhos para todos, voltem sempre. Um beijinho especial para sua Mãezinha que é uma “doçura”.

    Responder
  4. Maria joão Gonçalves Zacarias

    Bom Dia Manuel Luis, realmente um lugar encantador, nem poderia ser de outra maneira pois o Manuel Luis tem um dom maravilhoso para descobrir estes sítios. Bem haja por partilhar esses momentos comigo que sou uma mera espectadora sua. Tenha um bom dia e Muitos Parabéns atrasados.

    Responder
  5. Rosalinda Cascalheira

    Muito obrigada por partilhar estas fotos e video. As minhas felicitacoes pela montagem do video com este Bolero! Belissimo! Que bom gosto!!! Aproveito para parabanea-lo pelo seu aniversario. Desejo que festeje muitos e que eu possa felicita-lo…temos praticamente a mesma idade (nasci em 1956!). Um abraco,
    Rosalinda

    Responder
  6. alda paulino

    Ainda que atrazados aqui vão os meus sinceros parabéns pelo seu aniversário, e a continuação de boas férias e boas festas, gostei tb.de ver a sua mãe que me parece estar muito bem. beiji.

    Responder
  7. Aida Ferreira Pinto

    Olá Manuel Luís
    que maravilha de imagens.que aproveito para lhe dar os parabens pela escolha do local,para passar o Natal com a senhora sua Mâe,que está linda! também parabéns pelos seus 60 anos igualmente bonitos…
    obrigada por partilhar essa beleza tão natural e que tanto nos fala ao coraçao.Nessa paz,onde os afetos se entrelaçam,os aromas enebriam e a alma se eleva…
    desejo-lhe, o melhor do melhor para 2015, extencivo a todos que lhe forem mais queridos.
    beijinho
    Aida

    Responder
  8. Maria Emilia Cunha Lopes

    MAGNIFICO MANEL,afinal tb temos coisas lindas em PORTUGAL! OBRIGADA MAIS UMA VEZ.A MÃE está com ótimo aspeto,são mt parecidos. BEIJINHOS E UM BOM ANO DE 2015

    Responder
  9. Raquel Viveiros

    Manuel Luís foi um gosto conhece-lo na Casa Velha, seja na televisão seja pessoalmente a sua simplicidade e o seu carinho acompanham por todo o lado..
    Será sempre bem recebido…
    Ja vi que teve oportunidade de conhecer a Julieta a nossa gata…hahahahahaha….

    Tudo de bom para si…Melhores cumprimentos para si e sua mãe… Beijinhos

    Responder
  10. Francisco Sá

    Boa noite Manuel Luís, sem duvida um local encantador, conheço o seu exterior e confesso que sempre tive imensa curiosidade em conhecer o seu interior a sua história. Um refugio que nos deve levar para outra dimensão, que nos faz perder no espaço e no tempo. Obrigado pela partilha.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *