Começar de novo!

fotografia 1

Aí está mais uma edição do MasterChef!

As gravações começaram hoje no Estádio Nacional do Jamor, com o “mega-casting” de 500 candidatos escolhidos de entre mais de 2.500 inscrições. Foram entregues cinquenta e uma colheres de pau, verdadeiro passaporte para a fase seguinte da eliminação, que é bom lembrar que serão apenas quinze os concorrentes a entrar na cozinha do MasterChef.

Foi divertido, com as claques nas bancadas puxando pelos seus candidatos e mandando bocas aos jurados, tipo: “Goucha faz-me um filho!” (como se eu tivesse tempo e inclinação).
Foi aconchegante, pelo reencontro com uma equipa de excelência a todos os níveis, de um profissionalismo e eficácia sem máculas (Shine Iberia).
Foi emocionante, por ir trabalhar de novo com dois chefs com talento e alma, e de quem muito gosto: Rui Paula e Miguel Rocha Vieira.

Foi desafiante, por tantos os candidatos que à nossa frente se perfilavam com as suas propostas culinárias é certo, mas também com as suas histórias de vida e os seus sonhos.
Não há programa televisivo sem eles e a grande maioria, claro, fica por este “mega-casting”. Por isso, é para eles, todos eles, que aqui fica o meu abraço de sincero agradecimento por esta jornada. Que cada um se cumpra, no que se desejar da Vida.

Afinal, até foi bom que o arranque do programa se tenha dado em Lisboa. Há negas que vêm por bem. Não fosse agnóstico, até arriscaria: “Deus (ou Rui Moreira) escreve direito por linhas tortas”. É que se no Porto, previsto inicialmente como cenário para o dia de hoje, “chovia a cântaros”, o que inviabilizaria todo e qualquer trabalho, no Estádio Nacional o dia esteve de feição, nem sequer chuviscou.
Não foi um arranque molhado mas tenho a certeza, pelo que vi e prevejo, que foi abençoado.

Temos programa!

Fotos do dia:

fotografia 2 fotografia 3 fotografia 4 fotografia 5 fotografia 6 fotografia 7 fotografia 8 fotografia 9 fotografia 10 fotografia 11fotografia 13 fotografia 14 fotografia 15 fotografia 16 fotografia 17 fotografia 18 fotografia 19 fotografia 20 fotografia 21 fotografia 22 fotografia 23 fotografia 24 fotografia 25 fotografia 26 fotografia 27 fotografia 28

20 comentários a “Começar de novo!

  1. maria arnalda monteiro

    quero saber porque sendo a primeira concorrente a cozinhar e tendo ganho o avental por mérito próprio e já ter ganho a colher de pau MC e não fui apresentada no primeiro programa TVI mas vou investigar o porque

    Responder
  2. monica lopes

    pois foi uma vergonha o chef que veiu provar os pratos nao provou a fila O nem P e ainda disse que nao tinha tempo so pontuou por vista , e foi o segundo chef a chegar a frente pois isto e uma vergonha fiquei mt desiludida

    Responder
  3. Hélder Oliveira

    Apesar de ter sido dos selecionados para a prova dos pratos pelo jurado (no meu caso, o Manuel) não fui presenteado com a colher. Não me arrependo de ter feito os quilometros que fiz e do tempo de investigação no meu laboratório que dispensei para lá estar. Gostei muito da experiência.

    Um abraço do bioquímico de Gaia !
    No próximo ano prometo que a esferificação vai ser feita no momento de empratar para não se perderem nenhumas propriedades 😉

    Responder
  4. Maria Fatima

    Foi muito feio o que se passou no sábado, não ignorem quem vos proporcionou o que vocês pretendiam, fomos 449, sem mencionar os que levamos atrás de nos, é muita gente a ser enganada e agora vilmente ignorada.
    Miguel Rocha Vieira, Manuel Luís Goucha, Rui Paula, a vocês cabe-me manifestar a minha desilusão, conseguiram que a minha admiração e respeito por vocês se transformasse em sentimentos que prefiro não manifestar porque sou muito fiel aos meus princípios de boa educação.

    Responder
  5. manuel gaiveu

    sr goucha tenho uma historia de vida muito interresante o master chef foi uma farsa pois omeu prato nem foi provado gostava de cozinhar um prato ha sua escolha para si fui mordomo durante 27 anos os meus cumprimentos.

    Responder
  6. Paula Marques

    Um prazer fazer parte desta produçao! Conhecer o manuel Luis Goucha que sempre acompanhei pela excelente doçaria.O meu sonho sempre foi estar entre os concorrentes e ontem estive do outro lado, com a responsabilidade de avaliar…Obrigada pela simpatia,Manuel Luis Goucha,é muito melhor ao vivo!
    Paula Marques

    Responder
  7. João Paulo Cunha

    Estive presente com o nº 53 no meu primeiro Master Casting, Gostava que o Chef Rui Paula tivesse avaliado o meu cozido a Portuguesa no Pré Casting e a minha isca de fígado com cebolada de ontem , sei que ele se queixa da falta de sal e tive em atenção esse facto, quanto ao Chef Miguel aprecia mais as “modernices” da culinária é sempre bom ter alguém ao nível de tantos outros no estrangeiro dai as estrelas, quanto ao Goucha além de comunicador e humano é o espetáculo dentro do espetáculo, quem me avaliou foi a Sónia e tive pena de não ver o Luis Portugal que para mim no 1º Master foi quem cozinhou os sabores de Portugal , cozinhava tudo da terra.
    De resto parabéns a organização da TVI pois eu com 50 anos de idade foi a 1º vez que pisei o Estádio do Jamor.

    João Paulo

    Responder
  8. Filipa Neves

    Olha eu nas fotos do Manuel Luis , logo na primeira fila! 😀
    Gostei muito de ter participado apesar de não trazer a colher, 😀
    PARA O ANO SE HOUVER MAIS LÁ ESTOU EU .

    Responder
  9. nelson alves

    Foi com enorme dedicação e prazer que me entreguei ao mega casting do master chef… com o objectivo de vencer… vencer na competição ou vencer no dia em si! sim mesmo que não tenha passado, sinto que nada perdi e apenas ganhei!ganhei amigos,experiência, e juntei a tudo isto o grato prazer de conhecer os dois grandes chefes(Miguel e Rui) e de cumprimentar a querida sonia e a querida Rosa… e no fim o prémio merecido para mim que foi apertar a mão ao grande Manuel Luís…. bem haja Manuel Luís por ser assim tão simples como é…e.obrigado a todos pela simpatia… obrigado TVI pela.grande.oportunidade que me deu….

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *