Abacadabra!

Gosto de decoração, acho que já deu para perceber, por isso sou eu quem veste as casas onde vivo. Ando agora numa fona, à procura de coisas diferentes que, junto com outras mais clássicas e previsíveis, possam ajudar a criar o ambiente que desejo em cada um dos cómodos de uma futura casa. É por isso que gosto de ir, com vagareza, às “Coisas da Terra”, em Almoçageme (Colares), para naquela aparente desorganização encontrar o móvel, a peça ou o objecto que há-de acrescentar teatralidade e fazer sentido no mais que já tinha ou havia escolhido.

Ainda há tempo para conversar com Rosarinho Gabriel, a alma do negócio, mulher notável de criatividade e empreendedorismo, volta e meia viandante pelas partidas mais longínquas (China, Índia, Indonésia…), procurando o artesão mais capaz e fértil de ideias, quando não criando felizes e sensíveis decorações em hotéis e casas privadas. Por cá já deixou a sua inconfundível marca em unidades hoteleiras de excelência, como o “Areias do Seixo”, em A-dos-Cunhados (www.areiasdoseixo.com), ou o “Torre de Palma”, em Monforte (www.torredepalma.com). Para ela “não há lugares feios, nem impossíveis de trabalhar”. Cria como quem brinca, já em criança deixava-se encantar pelas formas, cores e texturas. Também eu gosto de brincar e tenho que vou divertir-me muito nas semanas que se seguem, para que em cada espaço meu more a minha alma.

rosarinho gabriel

coisas_da_terra1 coisas_da_terra2 coisas_da_terra3 coisas_da_terra4 coisas_da_terra5 coisas_da_terra6 coisas_da_terra7 coisas_da_terra8 coisas_da_terra9 coisas_da_terra10 coisas_da_terra11 coisas_da_terra12 coisas_da_terra13 coisas_da_terra14 coisas_da_terra15 coisas_da_terra16

Coisas da Terra
Av. Dr. Brandão de Vasconcelos, 31
Almoçageme (Colares)
Telefone: 21 9280362

www.coisasdaterra.pt

8 comentários a “Abacadabra!

  1. Carla

    Manuel
    Já tenho os moveis oferecidos em casa, adoro aí se eu tivesse um monte, era para lá que iam. O barril de vinho é aberto no meio com divisórias laterais foi feito pelo meu amigo vai servir de bar, 2 meios barris vão ser colocados na parede tem uma prateleira ao meio. Tinha tantas ideias para eles, acho que vou fazer da minha garagem uma zona de convivio, onde vai predominar o rustíco, o alentejo. Há histórias de vida muito tristes, hoje sinto que fui a terapeuta dele quase 20 anos. Era comigo que desabafava como a sua mulher, das tristes histórias, do filho/nora. Aos 75 anos viúvo encontrou o amor, está feliz .

    Quem semeia, colhe.
    O prego que se destaca é martelado para baixo. Provérbio japonês

    Abraço
    Carla

    Responder
  2. Florbela Costa

    Pois… E as chitas de Alcobaça… Para os reposteiros!!! Também cá o (os) espero
    Para uma seleção das lindas chitas de Alcobaça…Mas a apresentação dos artigos desta loja, também me fascinaram! Um local tb a visitar. Até um dia destes, quem sabe uma visita ao Made In Alcobaça.
    Abraço
    Fc

    Responder
  3. Carla

    Manuel
    Também adoro decoração, sou louca por almofadas na minha cama já contam 8 fora as que estão nas cadeiras. A minha filha em pequenina disse à prof. que tinha comprado uma almofada de 1000 €. A prof. achou tanta piada que contou. O meu ninho fui eu que o decorei, sem querer ser presunçosa as pessoas que me visitam adoram a casa. Estilo classíco mas já com alguma peças actuais, hoje se pudesse fazia a decoração diferente, a decoração é um processo em mutação. ( Confesso que já estou cansada de algumas coisas).Vão sempre aparecendo coisas novas que gostamos o problema é falta de espaço. Tenho 2 camas que foram idealizadas por mim peças únicas , como um móvel de canto na cozinha, tirei ideias de revistas, net, juntei as ideias, alterei medidas, tudo encomendado por mail, enviadas descrições /medidas/fotos. Corri um grande risco, no final chegou o que tinha imaginado. Um amigo meu vai-se desfazer da adega, vai dar tudo o que tem ali. Pensou em mim logo, fiquei triste por saber o motivo mas ele fica contente por dar a quem sempre o apoiou. Ontem fiquei com um mesa com quase 3 metros madeira maciça, os pés em tronco até se veem as saliências dos nós, bancos , baul, e um barril . O barril vai ficar na minha cozinha vai ficar lindo. O baúl no quarto da infanta da casa, a mesa na garagem é pena, mas por enquanto vai ser o poiso dela. Talvez a coloque na cozinha ainda não sei. Perdoname me he soltado pero la decoracion me encantaaaaa. Essa loja tem coisas lindas , o seu novo ninho será o ninho do amor, da celebração da vida, de um sonho que foi tornado realidade, porque acreditou que o impossivel pode ser possível.

    NB- “Aprendi que na decoração às vezes menos é mais”. A casa não pode ficar atulhada de coisas, temos que ter uma panorâmica do que estamos visualizar, as peças brilham por serem únicas e poderem ser destinguidas das demais.

    Besito
    Carla

    Responder
  4. Natália

    Manel….visite o mercado de velharias em ESTREMOZ aos sábados de manhã,afinal fica perto de Monforte e com o tempo que vai lá passar vai habituar-se a ir lá, faz parte de quem vive por essas paragens, lá encontra de tudo ,louças,candeeiros .móveis artigos em croché ,pratas ,livros ,artigos em vidro (copos ,jarros,garrafas)tudo ….sejam bem-vindo ao meu ALENTEJO….Visite a antiga Cadeia ….hoje um restaurante com classe…mas com as grades de uma cadeia, vai adorar….para não falar na POUSADA RAINHA SANTA ISABEL …..um beijo de boas vindas

    Responder
  5. Maria Jorge

    Olá Manuel Luis Goucha!
    Sou mãe do Pedro Jorge, está tudo bem com vocês?
    Realmente não me resta dúvidas da pessoa espantosa que é! Que bom gosto… só vindo de si!
    Em relação ao Masterchef sabe se é domingo que começa? andamos todos ansiosos, mas ainda não temos a confirmação de ser no próximo domingo, dia 15 de maio.
    Gostamos muito de si e temos saudades, apesar de estar todos os dias em nossa casa!
    Beijinhos nossos.

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *