A arte de caracterizar!

Foi no domingo passado que passei três horas e meia a ser caracterizado de palhaço de “meter medo ao susto”, para surpreender uma das concorrentes da Casa dos Segredos. Quando a ideia surgiu na reunião semanal onde “cozinhamos” a gala de domingo, logo me empolguei com a ideia de me entregar nas mãos do Sérgio Alxeredo para recriar a figura principal do filme que os concorrentes iriam ver no sábado seguinte, fã que sou do seu superior talento e por outras experiências semelhantes que com ele e a sua equipa já vivi em variados momentos profissionais. Depois de tantas horas, tintas, silicone, gelatina, látex e outros materiais, o resultado não poderia ter sido melhor. E pensar que há actores que se submetem a caracterizações do género, ou, ainda, mais exigentes, diariamente, durante meses a fio, tantos quantos leva, por exemplo, a rodagem de um filme! “… And the Oscar goes to Sérgio Alxeredo!”.

8 comentários a “A arte de caracterizar!

  1. Sandra Lourenço

    Manuel Luis,
    Aqui estou eu novamente para lhe dar os parabéns pelo ótimo programa que proporcionou no domingo. Adorei a gala e gostei muito de passarem imagens na sala para todos verem e serem confrontados. Não gostei da saída do Bruno porque acho que quem deveria ter saído era o Nuno por causa de tanta violência psicológica. E o Nuno ter ficado no quarto secreto para possivelmente não poder ir a votações não acho correto. Devemos proteger os bons não os maus. Relativamente ao César, gostou de pedir e receber casacos seus mas depois da gala fez críticas ao Manuel muito feias. Na próxima gala de domingo deveriam passar na sala o que ele falou de si, depois conffonta-lo se tem alguma coisa a dizer-lhe e de seguida pedir os casacos para dar a uma instituição porque ele não merece nada seu. Um grande beijinho Sandra Lourenço

    Responder
  2. Sandra Lourenço

    Boa noite Manuel Luís Goucha,
    Sempre vi as casas anteriores e continuo ver. Sempre gostei da Teresa tal como agora estou a gostar de o ver a si a apresentar o programa. Sou sua fã, já o disse anteriormente noutros comentários. A caracterização estava muito bem feita mas penso que não será por aí que possa ou não aumentar as audiências e na minha opinião estar tantas horas a ser caracterizado para depois estar tão pouco tempo na casa… talvez não faça muito sentido. Como espectadora e como fã destes formatos, eu falo por mim, o que deveria ser mais explorado, porque é isso o que as pessoas gostam é explorar mais as interacções dos concorrentes uns com os outros e confronta-los. Confrontar o Nuno dizendo -se comando andar a ameaçar o Rui e dizer que vai ao Algarve para o Rui lhe dizer o que lhe disse na cara para lhe dar 2 estalos? O que é isto? Confronta-lo mas perante todos na casa. Fazer-se algo diferente e não haver confessionário passar-se tudo na sala com imagens. Ficar nomeado porque é violencia psicologica o que ele faz com o rui. E o César dançar com a Joana e dizer que foi a voz que mandou? Mostrar as imagens para todos verem que é mentiroso. Ficar nomeado automaticamente por ter mentido e dizer que foi a voz que o mandou. O Bruno era um concorrente que eu gostava mas agora com o telefonema da namorada baixou muito na consideração. Ir à casa um especialista e falar com a Gabriela. Quantas pessoas não passam o que ela está a passar. O César é um péssimo namorado. Estes seriam os temas que gostaria de ver esmiuçado no próximo domingo. A si Manuel um muito obrigado pelas palavras que tem dito à Gabriela e dar o seu exemplo e afinal ter tanta sensibilidade e tanto jeito para apresentar a casa. Um grande beijinho, Sandra Lourenço

    Responder
  3. Sonia Vieira

    Boa noite,
    Creio ter comentado antes mas, talvez por erro meu, nao apareceu o meu testemunho.
    Nao vejo muito a casa dos segredos mas ao domingo fico sempre ansiosa pela gala. ISto porque, na minha opinião, tem conduzido o a apresentacao do programa com mestria, com dignidade. Grande pessoa e grande profissional que é. Trata temas como a depressao, falta de
    Confianca e violencia doméstica, com tacto. Fala deles sem medo, sem meias medidas. A forma como fala para à Gabriela, no que respeita a confiança propria denotam um caracter imenso. Também eu tenho falta de confiança, também eu sei o quão complicado é mudar. Sem ajuda näo vemos nada de outra forma, que nao aquela que já conhecemos. Tenho escutado as suas palavras. Obrigada pelos mesmas.
    Continue.

    Responder
  4. Sonia

    Boa tarde,
    permito-me escrever-lhe através deste blog e, mas precisamente, deste post para o parabenizar pela forma como conduz esta Casa dos Segredos 7 ! Não costumo seguir muito mas, ao Domingo dou por mim à espera da gala! Tem sido exemplar a sua conduta como apresentador, como pessoa! Não necessita inventar historias, “intrigar” para prender ao ecrã. Também lhe queria dizer que me toca imenso quando trata o “assunto Gabriela” com sensibilidade e delicadeza! As palavras que lhe diz demostram um carácter imenso e um ” saber o que é”, um “esse caminho também o percorri”! A falta de confiança, também eu, ainda a tenho! E por isso entendo tudo isso! Sem ajuda, não conseguimos ver de outra forma o que quer que seja!! As suas palavras tenho-as escutado e guardado muito bem! Senão, se me permite, aconselha-me Psicanalista ou psicologo?
    Como este tema, também outros, como a Violência Doméstica, trata como ninguém! Obrigado Sr Manuel Luis Goucha!

    Responder
  5. Carla

    Manuel
    Bom trabalho parabéns ao par que o realizou.

    Espero que volte a deixar crescer a barba, pessoalmente acho que fica mais charmoso.

    Abraço
    Carla

    Responder
  6. Maria Sousa

    Adorei, grande trabalho.
    Também adorei o desempenho do Manuel.
    Até que enfim, há alguém com sabedoria e divertimento a apresentar o programa.
    Falta é um convidado para interpretar uma música, lá pelo meio para alegrar o ambiente.
    Beijo

    Maria Sousa

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *