Viver no campo!

Não … ainda não vivo, “faço de conta” sempre que posso e sinto-me canhestro em funções tão básicas como a de dar de comer às ovelhas ou espalhar a palha no campo para ajudar ao sustento das éguas, agora que o pasto está rapado e tarda em chover. E é nestas alturas que recordo uma irresistível série televisiva, que em rapazelho me deliciava, protagonizada por Eva Gabor no papel de Liza, uma exuberante nova-iorquina que um dia troca a cidade pelo campo e vive aí as mais divertidas peripécias, no afã de adaptar os seus gostos cosmopolitas à simplicidade daquela nova vida.

Sei é da paz que sinto nestes campos que se perdem da vista. E anseio as primeiras chuvas pelo respeito que ganhei a esta terra sofrida.

campo1

campo2

campo3

campo4

campo5

campo6

campo7

campo9

campo10

campo11

campo12

campo13

26 comentários a “Viver no campo!

  1. Alice Raimundo

    Foram precisamente as cenas dessa série da minha infância que me ocorreram quando pela primeira vez o ouvi dar a notícia que viria por aqui viver. :).
    Não existe melhor lugar para ser feliz!!
    Bem vindos!

    Responder
  2. Alice Raimundo

    Foram precisamente as cenas dessa série da minha infância que me ocorreram quando pela primeira vez o ouvi dar a notícia que viria por aqui viver. :).
    Não existe melhor lugar para ser feliz!!
    Bem vindos!

    Responder
  3. Ro301

    Goucha o senhor sabe viver. Afasta a sua mente de um egocentrismo excêntrico mantendo-a saudável. Gostaria muito que assistisse a este video – https://www.youtube.com/watch?v=yBh8OW_K4H4

    Ainda hoje se pensa que o sucesso é em primeiro lugar a realização de sonhos, que obrigatoriamente está interligada á realização profissional e à financeira.

    O senhor sabe o que o faz feliz, pense bem. O que se lembra mais, o que o deixa em paz? Lembranças da infância, pessoas, momentos?

    É preciso muito pouco para sermos felizes. Viver o hoje e estar com as pessoas com autenticidade. Se tiver tempo procure no OLX o livro Ética para um jovem.

    Os artistas acham que o sucesso é a fama e ter dinheiro, nem todos, os que o conseguem veem-se com um dilema quando lá chegam. E agora? O que vou fazer, já atingi os meus objetivos. Fecham-se numa busca incansável pela felicidade. Nunca a encontram. A felicidade em si só não existe. Se pudesse dizer-lhe o que é a vida ela seria sempre sofrimento com umas borrifadelas de felicidade aqui e ai. Não a procure. Ela não existe nas coisas. Felicidade é o que você faz. Estar onde se sente bem, com quem se sente bem vivendo momentos autênticos com a certeza que pode se aborrecer também.

    Eu faço parte de uma geração que não vê o seu programa nem assiste televisão. Uma geração que se acha moderno por dominar as tecnologias mas não vivem a vida nem respeitam as diferenças de cada um.

    Uma geração que vive no sotão dos pais com os seus vinte e tal anos, que está desempregado e não sente um pingo de revolta por parte da sociedade que o exclui, nem vergonha pela situação em que se encontra.

    Mas não só. Nem tudo é mau. E não nos podemos esquecer que somos bombardeados com tanto entretenimento que pede a nossa atenção, não é fácil.

    Por todos eles eu peço-lhe desculpa, pelas ofensas que é alvo diariamente. Lembre-se sempre que à sempre alguém que pode não concordar com tudo o que você diz, mas que o respeita e que lutaria para você poder dizer tudo o que quer dizer em liberdade.

    Um forte abraço.

    Leiria

    Responder
  4. Maria Sousa

    Olá Manuel

    Adorei, tem uns animais bem tratados, o que tinha no balde era ração. Pois a chuva faz falta para o pasto dos animais. Adoro os cavalos, são lindos. As ovelhas também gosto, mas o cheiro é que é um pouco desagradável.

    Desejo que a chuva chegue rápidamente para ter comidinha para lhes dar.

    Beijo
    Maria Sousa

    Responder
  5. Sonia

    O campo é energia é vida, é ver renascer o que a semente deixou cair.
    O mesmo acontece connosco, onde enchemos as nossas almas, onde renascemos também das “cinzas”.
    Só sabe o que é este sentimento quem la vive, ou quem nunca deixou de voltar ao campo.

    Um bem haja Manel (porque sei que SRº ) não combina consigo, sempre tão próximo das pessoas mostrando e divulgando o quanto importante é o CAMPO, o ALENTEJO.

    Responder
  6. Carla

    Manuel
    Adorei!!!!
    Como o entendo, fez-me regressar às minhas memórias cheguei a fazer isso, o meu avô era pastor.
    Adorava dar o biberão às crias, pegar nos porquinhos acabados de nascer, se algumas pessoas soubessem como o campo faz bem à alma!
    É ali que alimentamos a mente, o corpo, tudo.
    Está um borracho! Pois vi no sábado algumas imagens suas no programa da tarde com bigode/cabelo preto, prefiro o seu cabelo grisalho e a sua barbita 100 x.

    Obrigado por me dar bons momentos, aqui também alimento a minha mente, aprendo.

    Os grandes navegadores devem sua reputação aos temporais e tempestades.
    Epicuro

    Abraço
    Carla

    Responder
  7. Carla Mota

    Até no meio dos animais tem estilo , não tem ar de campónio ou então tem ar de campónio chique , em bom!!! , imagino esse cheirinho no meio dessés animais …. adorooooo!!!!
    Quando passo férias no campo , penso sempre em trazer cocó das ovelhas , mas ninguém me leva a sério , para mim é incenso , imagino as bolinhas espalhadas pela casa Eheheh amo o cheiro do campo e dos animais.
    Parabéns por esse privilégio, aproveite ao máximo!!! Bjinho

    Responder
  8. Antônia Ramalho

    Bom dia Manel, que bom vê-lo nessas novas andanças que lhe enchem a alma de alegria e isso espelha-se no seu olhar e nesse sorriso aberto. Sem duvida que viver no campo é outra coisa, o ar muito mais puro e ver os animais e poder andar no meio deles é muito agradável. Desejo que tenha muitos mais anos de vida para que possa gozar a felicidade que vive no seu paraíso junto de quem mais quer e dos seus amigos de 4 patas que , peles fotos, podemos ver a alegria com que o recebem. Bom fim de semana e o melhor do mundo para vocês. Beijinho com muito carinho

    Responder
  9. Mena Costa

    Adorei conhecer o seu refúgio. Parabéns pelo gosto que teve na decoração do mesmo. Que tenha muita saúde, para se gozar de tudo aquilo que conseguiu, por longos anos. Bj.

    Responder
  10. Rita Ferro

    Boa noite Manuel
    Da grande cidade de Almada , passei para a espectacular cidade de Estremoz onde vivi uns 10 anos . Filha de pais alentejanos que trocaram o Alentejo pela cidade, mas eu voltei às suas raízes. De Estremoz passei a viver em vila viçosa, embora ainda possua casa em Estremoz . Adoro o mercado dos sábados e para quem tem montes ….Há sempre coisas a comprar seja animais , árvores , flores etc ….agora divido vila viçosa , Estremoz com a herdade que temos perto de elvas , embora fique no concelho do Alandroal . Aqui sim sou feliz , o meu trabalho diário divide – se entre os animais e a minha paixão de infância de fazer bijuteria artesanal . Não existe de certo melhor vida que esta, pelo menos para mim , uma sensação de liberdade e ao mesmo tempo de paz ! Beijinho e deste lado vou sempre acompanhando o Manuel , pessoa que admiro !

    Responder
  11. Maria José Mota Campos

    Manuel Luís Goucha, você é fantástico e maravilhoso.
    Mas que Sonho realizado e tão Lindo.
    Por muitos montes Alentejanos que haja por aí, de certeza que não existe nenhum tão cuidado quanto o seu.
    Não tenho palavras para o descrever a si e ao seu sonho.
    Goze-o da maneira que mais gostar. Seja MUITO FELIZ.
    É já agora eu gosto muito de si.

    Responder
  12. Sandra Borba

    Sr. Gaúcha será que conseguiria viver só no Campo? Sem azáfama da cidade? No início seria fácil mas após uns anitos….
    Não mude a sua maneira de ser nunca, gostamos/ gosto de si assim. Bjnhs de Coimbra

    Responder
  13. MARIA JOSÉ FURTADO

    EU SOU DOS AÇORES DA ILHA DE SANTA MARIA,ADORO ANIMAIS NO TEMPO DE MEU PAI TINHAMOS MUITOS ANIMAIS,AGORA QUE ESTOU SÓ E A IDADE JÁ VAI AVANÇANDO TENHO QUATRO GATOS E MUITOS NA RUA QUE EU SUSTENTO APESAR DE TER PEQUENA PENSÃO AQUI NA MINHA RUA SA
    SÃO ALERGICO SENHOR MANUEL APROVEITO PARA O FELICITAR ASSIM COMO A CRISTINA PELO MARAVILHOSO QUE NOS BRINDAM TODOS OS DIAS SOU UMA JÃ INCONDICIONAL QUE TENHA SEMPRE MUITA SAÚDE PARA CONCRETIZAR TODOS OS SEUS SONHOS ABRAÇOS. DESCULPE DOS ERROS.

    Responder
  14. Victor Santos

    As maiores venturas e muitas Felicidades, tudo de bom.
    Que tenha muita saúde para poder desfrutar dessa benção que é o seu Alentejo do Coração ❣

    Responder
  15. Paulinha Velez

    MLG…
    Vida no campo e como fica bem enquadrado nesse cenario.
    Eu gosto muito de o ver assim descontraído ,nao é que nao o seja na televisão mas ver assim esses animais tao bem tratados consigo no meio…gostei muito e obrigado pela partilha é muito bom mesmo ver essa sua alegria..sem holofotes….gostei muito…
    Bom fim de semana

    Responder
  16. Benilde valinhas

    Adorava essa série, até sei a letra da música do ínicio do filme, ” Green aquers is the place to be, farme living is the life for me …..” gostei de recordar e acho que o Manel fica muito bem nesse papel, bom fim de semana

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *