Uma estrangeira a ganhar?!!!!

download (2)
Estou-me absolutamente “nas tintas” para quem ganha ou deixa de ganhar um “reality show”, seja ele qual for, mas  encanitam-me comentários do género: “Que vergonha! Um programa português ser ganho por uma estrangeira!”. Isto a propósito do que se vai bolsando em algumas redes sociais, quanto ao facto de ter sido uma brasileira a ganhar a última edição de “A Quinta”. Mas será que é tão difícil de entender que, a partir do momento em que a nacionalidade do(a) concorrente não constitui impedimento à sua entrada em competição, este(a) terá de estar em pé de igualdade com os demais, podendo, por
isso, conquistar a vitória?. Se assim não fosse seria, no mínimo, uma atitude desonesta da parte de quem convida.

Ao ler tão xenófobos arrazoados, lembrei-me da Ann-Kristin, a dinamarquesa que chegou à final da segunda edição do MasterChef Portugal e que se destacou, ao longo de toda a competição, e com toda a justeza, pela sua criatividade, técnica e bom gosto culinários. Imagino o que teria sido se ela tivesse ganhado o título maior! Olhe que foi por um triz, ela não é, de forma alguma, menos brilhante que o Manuel vencedor.

Estes exemplos que têm a ver com programas de televisão, e apenas isso, levam-me a extrapolar para algo mais interessante ou seja o comportamento primário de muitos de nós. Não gosto de fazer aos outros o que não quero que me façam, por isso não me passa pela cabeça que alguém de outra nacionalidade a viver no meu país não tenha os mesmos direitos que eu. Também isso fará com que esse indivíduo se integre plenamente numa sociedade de acolhimento, respeitando, é claro, as regras que balizam esse colectivo. É por isso que entendo, por exemplo, a aprendizagem da língua do país que acolhe, como vital para
a desejável assimilação. Somos um país que recebe, que anfitria, e não devemos esquecer quantos dos nossos tiveram um dia de emigrar, sem recursos, nomeadamente educacionais, para lutarem por uma dignidade que o país lhes recusava. Conseguiram-no, na maioria dos casos, à custa de muito trabalho mas também, sabemo-lo, de muitas humilhações. Passaram muitos anos, e um regime, desde os idos de sessenta, quando se ia a salto, pagando o que não se tinha, que há sempre quem se aproveite dos mais fracos e desesperados, para se acabar num imundo “bidonville”, signo de uma escravatura moderna, à espera de melhores dias. Os que partem hoje, na sua maioria, levam consigo a mesma esperança, mas uma determinação e estrutura diferentes, por força de uma formação mais consistente. Passaram muitos anos, é certo, mas o primitivismo de algumas cabeças continua a querer marginalizar, asfixiar, aniquilar. Como se o exemplo dos que partiram não tivesse servido de nada para os que agora recebem.

Vale isto para uma brasileira que ganhou um mero programa de televisão, mas a sermos mais exigentes, vale isto para qualquer indivíduo que, fugindo do terror, procura no nosso chão a dignidade que só um povo livre lhe pode dar.
download (1)
Veja aqui a conversa com a Kelly, no programa:

36 comentários a “Uma estrangeira a ganhar?!!!!

  1. Monica Gonçalves

    Boas
    Há coisas que me entristecem, como é possível estarmos em 2016 e ainda ler e ouvir comentários destes…
    Francamente…
    Pelo menos + 2 pessoas tiveram a lata de me fazerem o mesmo comentário, ora se me conhecessem um bocadinho nunca o fariam, e neste momentos estão bem arrependidos é certo.
    Quantos Portugueses temos espalhados por esse mundo fora?
    Muitas pesquisas dizem que os Portugueses foram dos que mais imigraram em todo mundo, a verdade é que quase todos os países que vou, acabo quase sempre por encontrar portugueses, estamos mesmo por todo lado…
    “não concordar com a vitoria da Kely, de uma estrangeira?!”
    Porquê???
    Se fosse vosso filho(a) já gostavam certo?
    Enfim, ás vezes penso que a evolução ainda não está presente em determinadas pessoazinhas, aliás acho que não se trata de evolução, mas sim de bom senso e senso comum e sermos mais humanos.
    Relativamente á quinta: Desde que não ganhasse a Erica, lol :) essa jovem tira-me do serio.
    Beijinhos para todos.

    Responder
    1. Freddy Santos

      … enfim , eu filho de imigrantes nascido na Alemanha , me entristesse bastante a forma de pensar de uma minoria de pessoas , sim minoria , Graças a Deus ! Rezem para que nunca venham ter a necessidade de ter de imigrar e com muito azar virem conheçer pessoas com o mesmo vosso pensamento ?! Talvez depois sentissem na pele o mesmo que estão a transmitir , neste caso á Kelly Medeiros! …

      Responder
  2. jose domingues

    venho por este meio dar os meus sinceros parabéns ao Manuel Luís Goucha uma pessoa que eu estimo bastante pela sua frontalidade e profissionalismo dar os parabéns também a vencedora a kelly e deixar aqui o meu desprezo a todos os portugueses que criticam a kelly por vencer o programa como português me sinto envergonhado por alguns comentários que eu tenho lido não sou fan desses programas porque inflismente os nossos portugueses que neles entram não sabem ser eles propios fazem de tudo para negrir não so a sua propiá imagem mas como também a dos programas as poucas vezes que vi o programa foi mesmo so pela kelly ela sim foi ela propiá e sobe impor o respeito sobre a sua pessoa talvez por isso as criticas a vencedora porque foi sinsera com ela e restantes concorrentes e repeitou e foi respeitada enquanto os portugueses se humilham demais pensando que e isso que os leva a vitoria deixo os meus SINSEROS PARABENS em letra gran´de vencedora e deiuxo um concelho aos próximos concorrentes portugueses que aprendam com a kelly e assim tudo sera transparente obrigado e desculpem meu desabafo

    Responder
  3. Maria martins

    Sr. Manuel Luís Goucha
    Comparar o protagonismo desta concorrente, aos Portugueses que imigraram à procura de uma vida melhor durante décadas ( assim como os brasileiros que têm história ) é uma ofensa.
    Os portugueses Imigraram para trabalhar honestamente, 1º na construção civil ( obras, estradas, estaleiros etc. 2º Hotelaria, de onde o sr. é proveniente ( já se esqueceu ? ) pois é virou estrela de tv… é muito triste as pessoas mudarem de opinião conforme olham pró seu umbigo.
    Como Portuguesa estou ofendida porque as Portuguesas ao longo de décadas imigraram para trabalhar honestamente.
    E mais não digo, porque para além disso o sr. é uma pessoa que eu muito admiro, mas que pra mim ficou muito mal na fotografia lá isso ficou.
    Só um conselho.
    Com o estatuto que o sr. tem poderia perfeitamente ficar à margem destes tristes maus exemplos para a sociedade portuguesa.
    Cumprimentos de uma sua admiradora.

    Maria Martins.

    Responder
  4. Orlando

    Concordo inteiramente consigo M.L.Goucha. Com efeito não faria qualquer sentido convidar uma pessoa de outro país ( neste caso de um país também de língua portuguesa), para participar num programa deste tipo. e não a colocar num patamar de igualdade com os restantes concorrentes. Seria uma atitude discriminatória imbuída de uma enorme desonestidade intelectual. Infelizmente sabemos como se manifestam as diversas fobias: catalogam-se as pessoas não pelas suas qualidades, personalidade e caráter, mas apenas por uma determinada caraterística, da qual não se gosta por puro preconceito ou tabu, na esmagadora maioria dos casos sem qualquer explicação racional minimamente plausível.

    Responder
  5. Ana Catarina

    Não concordo muito com o seu comentário, MLG. E passo a explicar.

    Se a concorrente brasileira venceu e com metade da votação parece-me evidente que afinal o país de um modo geral é tudo menos xenófobo. Agora só porque houve quem tivesse feito comentários xenófobos, já estamos novamente a retratar Portugal como um país xenófobo e a passar-lhe indirectamente um atestado de atraso civilizacional (como se não houvesse racismo nem xenofobia nenhuma por essa Europa fora)?

    Eu sinceramente não compreendo porque é que vão buscar ex-concorrentes de reality shows ao Brasil ou Angola e os apresentam em Portugal como famosos quando ninguém aqui sabe quem eles são. Mas a partir do momento em que entram, sim, devem ser avaliados pela sua prestação e se o público deu a vitória à Kelly é porque a considerou a melhor concorrente.

    Por fim, já que falou do assunto acho importante referir-se também o reverso da medalha. Não podemos nós tratar todos como iguais e ao mesmo tempo sermos nós discriminados. Sempre que havia alguma coisa com concorrentes angolanos, nem que fosse só nomeá-los ou chamar-lhes a atenção, choviam alegações ridículas de racismo e xenofobia, acompanhas de generalizações sobre os portugueses. Muitos angolanos que comentavam o programa no Facebook eram do mais insultuoso possível contra os portugueses em geral. E quanto aos brasileiros não sei, mas os angolanos concentravam abertamente votos nos concorrentes da mesma nacionalidade.

    Responder
  6. O Fabuloso Destino De Maria Amélia

    Sinceramente há coisas que me entristecem pelo facto de eu sentir que o mundo não avança sempre que há pensamentos desprezíveis para com os outros.
    Quando estamos a ver um jogo de futebol entre selecções até entendo que cada um torça pelo país que mais goste, mas quando se trata de pessoas a jogar individualmente… não entendo e nem quero entender!
    A Kelly foi convidada para participar no programa, tal como em edições anteriores outros concorrentes estrangeiros, acho que a nacionalidade deles nada tem a ver com a prestação que possam ter.
    Somos um país que emigra há décadas para vários países inclusivamente para o Brasil, não vamos pensar pequeno e ser medíocres por favor.
    Vamos respeitar as pessoas pelo que são e não pela cor, opção sexual, religião, nacionalidade…
    Não querendo desviar-me do tema (que acaba por ser o mesmo: o passo atrás!) no fim-de-semana vi o filme “A Rapariga Dinamarquesa” (escrevi sobre isto no blog) e a quantidade de pessoas que vi a gozarem com o assunto revela mais uma vez que se nos respeitássemos mais uns aos outros, talvez este mundo fosse mais agradável!
    Um beijinho Manuel.
    Como reage a sua Inácia a esse friozinho?

    http://ofabulosodestinodemariaamelia.pt/

    Responder
  7. Leonor Trindade

    Querido e estimado Manuel Luis Goucha…..

    Venho apenas ” assinar por baixo” tudo o que disse. Como sempre é objetivo e justo nos seus comentários.

    Não tendo eu acompanhado esse programa A Quinta..(não gosto mesmo desse género de programas ! ), o
    que se trata aqui é efetivamente de xenofobia e, assim sendo….se a Kelly foi convidada a entrar no programa
    pois é mais do que óbvio que estava em pé de igualdade com todos os outros concorrentes, estando portanto com a mesma possibilidade de ser a ganhadora.
    Onde é que está o problema??….
    Se ganhou foi porque a consideraram a melhor…

    E tal como o Manel refere , andam todos muito esquecidos do que se passou com os nossos emigrantes nos anos sessenta…..e o que eles passaram para vencer e ter uma vida melhor…
    E também está toda essa gente a esquecer-se que agora mesmo….atualmente….os nossos jovens emigram…continuam a ir embora, novamente à procura de uma melhor vida, aquela que o nosso país não lhes dá!!!

    Enfim….tanto poderíamos continuar a dizer…..

    Obrigada MLG!!!
    Continuo por aqui a ler o que escreve…e a ver os seus programas…a ouvir o que diz!!!!
    Um beijinho.
    Leonor

    Responder
  8. Carla Pinheiro

    Não venho aqui concordar ou discordar com o que o Goucha escreveu, pois cada um tem direito à sua opinião e até ver ainda vivemos numa democracia…
    Mas sim fazer um comentário e colocar uma interrogação:
    Trataram tão mal a Romana (tanto no próprio reality show, como em revistas e/ou páginas por toda a internet) e não vi nenhuma publicação do Goucha a censurar nem a apoiar!??
    Igualmente em relação à Marta Cruz muito se disse e desdisse e também não vi nenhum comentário da sua parte neste blog!??
    Bem sei que o blog é seu e nele comenta e escreve o que muito bem entende MAS, não seriam elas também dignas de um comentário da sua parte??
    Pois parece-me que o único erro delas foi serem sinceras, seguirem a sua consciência e acreditarem no Amor, exactamente o que o Goucha defende em relação à Kelly…
    Beijinhos de alguém que o aprecia tanto pela sua maneira de estar na vida, como da coragem de a enfrentar.
    Carla Pinheiro

    Responder
    1. Ftunando Santos

      Senhora Carla .
      So venho relembrar que o Sr. GOUCHA fez um comentario muito justo .
      trata.se simplesmente de assinalar que quando a concurrentes em quaquer jogo teem todos o mesmo direito de ganhar ou perder .Se coompreendo bem o seu comentario é identico a essas pessoas que queriam que fosse um concurrente portugues .Com respeito aos imigrantes e a vida que se passou eu sei qualquer cois não vivi mas conheci os bidoviles região parisience a onde havia de todas as nacionalidades.

      Sem mais BOM ANO

      Responder
    2. Sónia

      A Carla não percebeu o que o Manuel escreveu pois não? Ele não fdalou na Kelly por ser a Kelly concorrente da quinta. Ele falou na Kelly devido aos comentários xenófobos que circulam por aí acerca da sua vitória. Ele não comentou pelo que se disse ou não da Kelly, mas sim pela xenofobia presente em todo o assunto em causa. Desta forma porque raio e injusto que não tenha falado na romana e na marta? É que não tem nada a ver uma coisa com a outra…..

      Responder
  9. CC

    Antes de dizer qualquer coisa sobre o tema do post, para mim é importante ressalvar que a A Quinta, e as fracas audiências que teve, é um sinal de que o formato em que a TVI insiste está gasto. Assim como a imagem da Teresa Guilherme e os textos enriçados que lhe escrevem para dizer. Sobre a Kelly ter ganho, eu acho de facto curioso que os portugueses não tenham escolhido uma portuguesa. Noutra perspectiva, se calhar o povo decidiu premiar quem de facto se mostrou íntegro do principio ao fim. Os brasileiros, principalmente as mulheres, sempre foram alvo de preconceitos enormíssimos no nosso país.

    Responder
  10. Carla

    Manuel
    Não vi a quinta, se os portugueses votaram na kelly é porque viram atributos que os portugueses não tinham, no programa não há nacionalidades são todos concorrentes, logo que ganhe o melhor.

    beso
    Carla

    Responder
  11. Hugo

    Será “se ela tivesse ganhado” ou se ela tivesse ganho?

    PS: Não é uma crítica mas apenas uma pergunta para quem souber responder. Por acaso tenho dúvidas de qual a melhor forma.

    Responder
  12. Graça Rocha

    Subscrevo integralmente o comentário do Manuel Luís Goucha e, sendo portuguesa quase em nada me revejo relativamente à participação da maioria dos restantes concorrentes, sendo a Kelly a única participante que efetivamente reunia tudo o que era expectável num reality show. Só me resta desejar toda a sorte do mundo à Kelly e que continue a ser como é, linda por fora mas com uma beleza inigualável do seu interior.
    Obrigada Manuel Luís pelo comentário tão oportuno e necessário que fez, beijinho.

    Responder
  13. Lurdes Sequeira

    Ganharam os valores morais! Felizmente que os portugueses e brasileiros optam pela boa educação, pela boa disposição, pela humildade, pelo carinho, pela ternura. Provou que para dar canal não é preciso ser-se mal educado. Ser directo não é sinonimo de má educação e o programa foi fértil em má educação.

    Responder
  14. Tatiana Barros

    Só tenho a parabenizar A BRASILEIRA vitória merecida. E para os que não gostaram BEIJINHO NO OMBRO. A VITORIA FOI DELA E COBFORNEM SE.

    Responder
  15. Anabela pupo

    Boa noite MLG è muito triste os portugueses não aceitaram que tenha sido uma brasileira a ganhar.Assim vemos como ainda hà preconceito,pois já li comentários sem anexo até prostituta lhe chamaram.Ganhou foi merecido.Parabéns para ela

    Responder
  16. laura tavares

    Em relação ao comentário gostaria de dizer que pouco me importa a nacionalidade da vencedora, o que eu achei foi que houve quem tivesse melhor prestação que a brasileira, pois só sabia gritar, rezar, chorar e estar sempre a engraxar o portuguesito para lhe darem o apoio. Os concorrentes que foram ao Você na TV e que apoiavam a brasileira era apenas uma simples invejasinha daquela que sendo portuguesa era a preferida.
    Os melhores concorrentes desta quinta foram, sem margem de duvida, quem deu audiências , Gonçalo e Marta!
    Já sabíamos que não iam ganhar porque pelo que percebíamos estava tudo feito para ser a brasileira!!

    Responder
    1. Valadares

      A Brasileira sozinha trabalhou mais e preocupou-se mais com os animais (aliás era o objetivo do programa tratar dos animais), do que muita “gente” que lá esteve toda junta, ela e o Saúl sim , esses preocuparam-se com os animais, enquanto outros dormiam e era preciso serem “picados” para “trabalharem”.
      Nas últimas semanas como estavam a ver que a Kelly era nomeada mas não saía, lá começaram a mexer-se mais um bocadinho.

      Responder
  17. CARLOS MARTÍNEZ

    CARO MANUEL LUÍS GOUCHA.

    Começo por felicitar o seu trabalho de longos anos , para agradar sempre com profissionalismo os Portugueses.
    Vou dar a minha opinião, se é que vale algo para si , não sou Xenófobo ,nem tão pouco sou apologista , de rotular RAÇAS, CREDOS , ou ORIENTAÇÃO SEXUAL , no entanto ,em relação aos Brasileiros abro uma excepção, Não se esqueça , que usarem como tradição, anedotas prejurativas contra esta Nação e seu Povo não me deixa indiferente.
    Lembro-me a tristeza que senti ,quando a actriz MAITÊ PROÊNÇA , ofendeu esta Nação, cuspindo no MONUMENTO DOS JERÓNIMOS , tratar mal a vila de SINTRA , PATRIMÓNIO DA HUMANIDADE, a Brincar com os Túmulos de Camões e Fernando Pessoa não sabendo ela que
    O estilo Manuelino também significa DESCOBRIR O BRASIL.
    Resumindo preferia uma DINAMARQUESA A UMA brasileira ,quem não sente não é FILHO DE BOA GENTE . Na mentalidade dos Brasileiros somos Burros e maltratados POR ELES ,e não venham com HISTÓRIAS , porque de HISTÓRIA E não estória como querem impingir com o novo acordo ortográfico, que jamais,o vou respeitar , ESTOU EU CANSADO.
    PEÇO PERDÃO PELO MEU COMENTÁRIO, mas sou PATRIOTA E NÃO ACEITO QUE MALTATEM O POVO PORTUGUÊS..

    Responder
    1. Paula Inácio

      Olá, vivo na Suíça à 30 anos e nunca senti racismo contra o meu povo!
      Pois fico muito triste e com muita vergonha de saber que no meu país que tem tantos imigrantes pelo mundo, tenha gentinha a falar desta maneira de um estrangeiro !!!
      Somos todos iguais sabiam???

      Responder
    2. Marco Albuquerque

      Infelizmente, racismo e xenofobia adam de mãos dadas num mundo cada dia mais egocêntrico e egoísta.
      Apesar de pontualmente existirem pessoas, pequenas, preconceituosas e pouco resolvidas de carácter, penso que a maior parte da população em geral não coíbe com este tipo de “pequenez”.

      Parabéns não só a Kelly concorrente, mas sim as pessoas que sabem ver com olhos e mente de sábios!

      Responder
    3. Catia

      E ficará preso eternamente com este fato da atriz Maitê Proença (que é uma destrambelhada das ideias e todo o Brasil sempre soube disso)??

      Responder
  18. Sânzia Henriques

    Plausível Manuel…. Brilhantemente descrevestes o que ocorre na realidade, como Brasileira sinto o gosto amargo de alguns xenófobos. Custa-me mais ainda quando vem de pessoas instruidas, nas quais primitivamente ainda ferem com ofensas.

    Responder
  19. Sabira Faquirá

    Como é bom ouvi-lo /lê-lo! Aos comentários xenófobos, só posso dizer que são sinónimo de pura ignorância. Por favor, leiam qualquer coisa sobre História, a nível mundial, pode ser que daí retirem algum conhecimento.

    Responder
  20. Paulinha velez

    Olá MLG. bom Ano,e saudinha
    Em relação ao seu comentário sobre a vitória da Kelly, não vou adiantar nada,pois disse tudo de uma forma que se não calar as bocas amargas não sou eu que o conseguirei fazer..
    Vou só acrescentar algo que poderá ajudar essas pessoas a pensarem..num programa que tinha tudo para resultar são os vips portuguesinhos que não estiveram à altura,convencidas, e emproados,sem respeito pela produção e pela Teresa Guilherme! Foram para um jogo armados em vedetas com estratégia combinada cá fora e onde a sanidade mental de alguns foi posta em causa.
    Isso sim, foi uma vergonha, claro que houve raras exceções como o Saul..
    Parabéns à kelly que foi a justíssima vencedora.

    Responder
  21. Silvia Pedro Silvestre

    Olá MLG,

    Bom ano para todos vocês (agora vamos andar a desejar um bom ano até quando?, qualquer dia ainda lançam uma lei com datas para se poder desejar as coisas só numa determinada altura).
    Adiante….

    Eu sinceramente estou um pouco cansada dos reality shows, prefiro mil vezes ver a dança com as estrelas, pequenos gigantes ou a tua cara não me é estranha.
    Mas acho que a TVI precisava de mudar um pouco a programação nomeadanente ter um concurso familiar de perguntas e travessuras.
    Acho que ganhava mais do que com os reality shows.

    Relativamente ao facto da Kelly ter ganho, do pouco que vi (apenas as vts passadas no Voce na TV) acho que foi merecido.
    Não me incomoda nada ser uma brasileira a ganhar.

    Acho que todos somos merecedores de podermos ganhar algo, independentemente da religião, cor ou pais de origem.

    Um beijinho grande para si e desculpe o meu texto baralhado.

    Responder
  22. Heloisa Biasoli

    Te admiro tanto…sua postura diante a vida…sua alegria sincera…seu caráter palpável …
    É verdadeiramente um homem de bem…
    Parabéns

    Responder
    1. Alexancrina Maria Silva Pardal

      De tudo isto só tenhjo a dizer k tanto se me dá quem ganhou ou deixou de ganhar, se era portuguêsss ou não pouco interessa, só acho estranhjo k digam k só a Kelly trabalhava quando todos cumpriam as suas tarefas,só k as camaras só mostravam a Kelly e a Marta com o Gonçalo, se queriamos ver os outros concorrentes tinhamos k carregar no botão vermelho e andar à procura pela quinta. A Romana foi muito mal tratada pela Gisela k levou os outros concorrentes atrás dela a ponto de a ignorarem sistemáticamente e não via ninguém defende-la… Ela apaixonou-se e ponto… A Marta tinha filhos e uma relação cá fora de k ninguém falou, o Gonçalo era casado ecom um filho, ou dois? Ninguém ligou só amRomana foi perseguida até à exaustão
      , ninguém se levantou para a defender até o Saul k se dizia amigo a traiu fartava-se de dizer mal dela por trás… Enfim parabéns à Kelly mas quem devia ter ganho era a Romana, foi ela o motor do programa e ainda por cima se apaixonou por alguém k não a merece e k ele sim tem muito a crescer ainda, é muito o menino da sua ( mana) parabéns Romana pela tua coragem eem assumires os teus sentimentos, e quanto à tua filha sei k a amas muito percebeu-se k ela se sente amada pela mensagem de Natal

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *