Sexta-feira, em Monforte!

monforte1

A vila está em festa com a Ex-Libris 2016, o espaço certo para a mostra das potencialidades locais, produtos, tradições, saberes, oportunidades de investimento e desenvolvimento. Na passada sexta-feira, terminado o programa da manhã, rumei ao Alentejo, que agora não quero outra coisa, a tempo de estar presente na sua inauguração. Houve os discursos da praxe, interessantes e na conta, a visita pelos stands dos produtores do concelho, de vinhos, queijos, panificação, artesanato entre outras valências…, procurando sempre saber mais acerca do trabalho de cada um, das dificuldades com que se deparam e dos incentivos que colhem para prosseguir e inovar. Isto enquanto a Orquestra Novas Melodias, cá da terra, enchia o pavilhão de temas que apetece cantar. E eu que não sabia da existência desta orquestra ligeira!. Gostei tanto que em breve hão-de ir ao “Você na TV”. Depois fui à mostra do gado, ovino, caprino, bovino e cavalar, com a certeza que tenho tudo por saber e ainda ao leilão de cães, das duas raças autóctones: o rafeiro alentejano e o serra d’aires, uma e outra guardadora de rebanhos, com a receita a reverter a favor dos Bombeiros Voluntários de Monforte, tudo entre fotos, beijocas e amassos, que estas gentes, em gostando, são assim de afecto à solta. O dia terminaria, para mim nas tasquinhas, representação do que vale a pena no concelho em termos de restauração: Tasca da Calçadinha (Monforte) Tintos e Petiscos (Vaiamonte) e Torre de Palma (Wine Hotel, de cinco estrelas). Falo dos que conheço e de quem sou agradado cliente, se bem que tenha ainda muito por descobrir. Mas a maioria dos presentes acabaria na Praça de Touros para uma corrida, que isto é terra de cavalos, touros e aficionados. Cá em casa tenho quem seja e, se bem que não partilhe de tais gostos, não deixo por isso de gostar do que muito nos une. Assim é face a todos os demais, se bem que me pele por uma boa discussão. Está Monforte muito bem entregue (Gonçalo Lagem. Bastou ouvi-lo, dedicado e apaixonado pelo seu concelho, e cirandar pela Feira, que ainda espera pela sua visita no decorrer de todo dia de hoje . É mais um pretexto para entender este Alentejo com que sempre sonhei e do qual já sinto que faço parte.

monforte2 (2)

monforte3 monforte4 monforte5 monforte6 monforte7 monforte8 monforte9 monforte10 monforte11 monforte12 monforte13 monforte14 monforte15 monforte16

14 comentários a “Sexta-feira, em Monforte!

  1. Paula Francisca

    Há muito que não teço qualquer comentário. .. fico.me pelo deambular onírico que os seus textos e fotos evocam 😉 mas continuo a vir até cá ao seu canto que não é o monte mas nós faz ver planícies inteiras de um mundo que conhecemos através de si..
    Fico feliz por saber da sua felicidade, da continuação do querer ver o mundo pela sua própria visão. Gosto de saber que se apaixonou pelo Alentejo. ..embora gostasse de o ver por terras da Beira a documentar a minha terra e a apaixonar.se também. . Pode ser que calhe um dia 😉 bem.haja por ser como é e felicidade….

    Responder
    1. MLG

      Olá Paula Francisca
      Muito obrigado pelo seu comentário. O Alentejo é paixão que me vem de miúdo e sempre soube que haveria de ter um monte. Um beijo.

      Responder
  2. Natália

    Boa tarde Manuel Luís Goucha,

    Sei que tem andado pelo Alentejo, e também sei que conhece o Hotel Torre de Palma.

    Já ouviu falar de umas bolachinhas caseiras que se encontram nesse Hotel?

    São feitas por uma empresa em Coimbra.

    Beijinhos directamente da produtora das bolachas!

    Natália Luzio

    Responder
  3. Isabel Santos

    Agora é “só ” Alentejo …
    E faz muito bem.
    Já imaginava que ia ser difícil suportar esse calor, mas sabe da minha proposta … ABANO em troca dos meus pézinhos “de molho” … Aceita
    Beijos.
    Isabel Santos

    Responder
  4. Antonia Ramalho

    Foi uma feira com atrativos varios e bem conseguidos. Gostei muito da parte dentro do Pavilhão gimnodesportivo, estava bonito, tive pena de não ter reencontrado o Manel, so falei consigo quando me autografou os seus livros, mas a partir de agora ja vai ser mais facil encontra-lo por ca. Obrigada Manel, a sua vinda para Monforte vai dar outra visão a terra e trazer outras pessoas como aconteceu na corrida quando um senhor me pediu licença para passar e eu vi que era o do Querido, mudei a casa. Beijinho

    Responder
    1. MLG

      Olá Antónia
      Tive pena de não a ter encontrado. Não faltarão oportunidades. O Rui esteve na corrida, é aficionado. Eu não!
      Beijinhos

      Responder
  5. Paulinha Velez

    MLG..
    Que maravilha.. Não sei o que gostei mais…
    Por acaso até sei…O cachorro… Vai precisar de um pastor para as suas ovelhas….e para lhe guardar o monte…
    Bom fim de semana é o que lhe posso desejar
    Um abraço

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *