Os meus presépios

fotografia1Em arrumações encontrei, na garagem, esta caixa com alguns dos bonecos dos presépios da minha infância. Têm mais de cinquenta anos e já nem me lembrava que os havia trazido de Coimbra, sei lá eu porquê, já que não lhes dei mais préstimo. Talvez por me recordar da festa que era todos os anos fazer o presépio. A senhora Maria, que era quem lavava a roupa lá de casa nas águas do Mondego, levava-nos o musgo com viço.

Os caminhos fazia-os de areia, as montanhas, por onde se derramavam rios de prata, eram de papel pardo, o mesmo em que a avó Palmira enxugava os sonhos. Montado o cenário era povoá-lo com a bonecada, não sem que faltasse o castelo já sem senhor, a igreja com o seu prior, e o casario alinhado. Preso com um fio fino descia do azul-celeste um anjo cantando loas ao Menino. E ali me prantava, romeiro no coração.
De barro, meio toscos e já esmurrados, há muito que estes bonecos foram preteridos por outros bem mais delicados. Este ano, porém, ainda não me deu na veneta fazer o presépio. Nem sempre o faço, confesso. Mas há hábitos que não recuso, ano após ano, como o de distribuir pela casa os presépios que fui comprando ou que me foram oferecendo ao longo do tempo. E assim a casa se enche de íntimas presenças. É Natal!
fotografia 2 fotografia3 fotografia4fotografia5 fotografia6 fotografia7 fotografia 8fotografia9 fotografia10 fotografia11 fotografia12fotografia13 fotografia14 fotografia15 fotografia16fotografia17

26 comentários a “Os meus presépios

  1. Ana Magalhães

    Caro Manuel Goucha,
    Adorei os seus presépios, também tenho alguns, no entanto as figuras antigas fazem-me lembrar a magia do Natal da minha infância e parte da adolescência. Com muita pena minha as figuras da casa ficaram com uma das minhas irmãs, mas ainda não perdi a esperança de encontrar figuras idênticas, pois os outros são bonitos mas não são a mesma coisa!

    Responder
  2. Cristina Agapito

    Adoro os seus presépios…tenho alguns numa mini coleção …são 30 mas todos de pequeno tamanho.
    Sou uma apaixonada por presépios.
    Beijos grandes.

    Responder
  3. Filipe Ferreira

    Sem Dúvida um belo achado esses bonecos de Presépio tradicional.
    Eu ando sempre á procura de mais uma peça para acrescentar à minha coleção, que nesta altura sai das caixas e embeleza um Presépio com 12 metros quadrados exposto em frente a casa dos meus avós, são mais de 600 figuras, com algumas peças em movimento construidas por mim, cascatas, fontes diversas lojinhas e barraquinhas com ofícios já quase extintos e até um comboio em movimento. Além do elemento central que é o Nascimento de Jesus, este presépio representa também muitos usos, costumes e tradições do nosso país, muitas delas já desaparecidas. Convido-o a fazer uma visita, se não possível pessoalmente ao meu Presépio na Comeira – Marinha Grande, à página de facebook do mesmo, onde poderá encontrar fotos e videos. http://www.facebook.com/PresepioDeFilipeFerreira

    Responder
  4. Andreia Coelho

    Olá
    Deixe dizer-lhe que gosto muito do seu blog e tb da sua pessoa.
    Hoje ao falar dos presépios lembrei-lhe dos meus tempos de infancia quando chegava a esta época a minha mãe ia buscar ao sotão e com todo o cuidado lá colocavamos todas as figuras- “E ai que faltasse alguma ou a partissemos”. Quando estavam as figurinhas todas no seu devido lugar minha mãe colocava uma cobra em frente para nenhum de nós com medo tocarmos nalguma peça que ela guardava ano apóa ano com muito cuidado.
    Hoje infelizmente pela dor com a perda de um tão querido filho não o faz tão religiosamente, colocando só as três figuras do presépio, deixando o resto como pequenas recordações da nossa infancia.
    Muito obrigado por este momento de recordações que me deu.
    Um grande beijinho.

    Responder
  5. Nuno Pinheiro

    Numa pesquisa tive sorte e encontrei na net uma loja online que vende peças como do primeiro conhecido por presépio tradicional português e pude completar um presépios que me foi cedido pelos meus pais a muito custo e persistência minha. Ficou lindo… Por vezes as coisas mais belas estão nas coisas mais simples. Um bom NATAL a todos.

    Responder
  6. sandra costa

    só para dizer que ainda ontem comprei alguns destes bonecos cá em barcelos na nossa feira pois a minha filhota de 7 anos adora fazer o presepio…e todos os anos compramos alguns para juntar ao lote….0.50€ é o preço de cada um imaginem,,,,,super barato….barcelos capital do artesanato é do melhor de portugal visitem…..

    Responder
  7. Carla Paiva

    Todos muito diferentes mas igualmente lindos! Parabéns também pela árvore de Natal. A Faneca por acaso não gosta de se deitar perto dela? A minha Nina adora deitar-se por baixo da árvore. Mas sem estragar nada:-) Bjs

    Responder
  8. cidalia lourenço

    olá Manuel luis goucha, também tenho algumas dessas peças, são lindas, cá em casa gostamos muito desta época natalícia,bj tudo a correr bem

    Responder
  9. Alda Balsa

    Eu tambem tinha dois,mas devido a uma separação deixei-os para trás,mas bem arrependida estou.Mas quando os tempos são dificeis muita coisa nos esquecemos.Agora que mal tenho para me alimentar tambem não posso comprar,gostava tanto da época Natalicia e tudo deixou de ter significado

    Responder
  10. Lourdes Fernandes

    Goucha já falei com você no tempo da Praça da Alegria. Nesse tempo a minha Tv a cabo tinha RTP. Depois você foi a TVI e só tinha noticias suas através de parentes que moram em Portugal. Estive aí 4 anos e todos os dias via seu programa. Regressei ao Brasil novamente, mas antes de vir, fizeram o meu Facebook, e comecei a ver as coisas daí através do computador. Até que um dia não sei como apareceu o teu programa e agora vejo-o sempre, porque sou sua fã. tenho o seu livro das mulheres, cuja ´ultima foi D. Lourdes.
    Estou encantada com os seus presépios, aliás você é de um bom gosto incrivel, gosto também das revistas que se não me engano de cozinha, essas estão em Portugal. Obrigado.
    .

    Responder
  11. Berta Veiga

    tanto presépio….Não sabia que gostava e colecionava.Deveria ter sabido e em vez do cd,dar um presépio mas feito do mesmo material do cd.Tem aí presépios lindos,adorei aquele em que Maria dá mama ao menino pois achei-o fora do comum e bastante ternurento.

    Responder
  12. Manuela Poiares

    Que lindos presépios Manuel Luís, o que aparece em primeiro destaque, é igual ao que resta do meu, que também veio de Coimbra, terra natal do meu pai. A minha tia paterna, que graças A Deus ainda é viva e vive em Coimbra, chama-se Ivone, foi quem o comprou, no início dos anos 60 e enviou para Moçambique para o irmão.
    Ela, (cabeleireira) foi colega da Sr.ª sua mãe. Quem sabe se os compraram juntas… quero dizer-lhe que o admiro muito, sou sua fã. Um grande abraço, Manuela Poiares

    Responder
  13. Eugenia maria

    As minhas peças de presepio sao iguais a essas,algumas ja esmurradas, alguns mémés sem orelhas mas adoro-as ! Bjinhos para si Manuel e gostei da sua coleçao de presepios

    Responder
  14. Ema Vergueiro

    Boa tarde Manuel Luís Goucha, gostei dos presépios que aqui expôs, uns mais que outros, todos diferentes mas todos com o mesmo significado. Quanto às suas imagens do qual fazia o seu presépio quando criança, pois eu tenho algumas iguais às suas, como por exemplo a Igreja, a ponte, as ovelhas, etc. como é bom recordar…tbém eu fazia o presépio e ia apanhar musgo aos muros de uma quinta perto de minha casa. O Natal nessa altura era sentido de uma outra forma. Adorava ir ao musgo e quando mais tarde já com o meu filho íamos os dois, era uma diversão…e depois era a alegria total ver a árvore e o presépio feito com o dito musgo, caminhos de areia e o lago feito com uma prata onde colocava 2 patos e à beira estava uma pessoa a lavar roupa, enfim! Não tomo mais o seu tempo, agradeço este momento que me fez voltar no tempo. Um Feliz e Santo Natal.

    Responder
  15. Maria Marques

    A nossa infância foi muito semelhante, não só pela idade próxima, mas afinal crescemos bem perto. Lembro me bem de também trazerem o musgo, na altura havia a sra lavadeira e a sra leiteira, aquela que fornecia o leite de um cântaro e o media nuns púcaros de diferentes medidas e até ir com o meu padrinho apanhá-lo aos pinhais . Os caminhos eram de areia fina, os rios de papel de prata , daquele dos chocolates e tinha muitos bonecos. Tivemos realmente uma infância muito feliz. Um grande abraço, Manuel Luís.

    Responder
  16. Joana Galveia

    Adorei!!! Lindos Presépios!!!
    Tb o meu Natal não passa sem fazer o meu Presépio,tb tenho algumas peças com 50 anos. Feliz Natal Manel !!! ✨⛄✨

    Responder
    1. Emília Franco

      Olá Manel, lindo nome o seu, igual ao do meu marido. As suas palavras foram lindas com sempre, e esses bonecos da caixa eu também tinha mas não os usava no presépio, mas sim cascata. Na altura dos santos populares fazia a minha cascata á porta de casa e pegava no santo da época, ( S. António, S. joão ou o S. Pedro) e ia pedir uma moedinha a quem passa-se na rua, era muito giro, “velhos tempos”.

      Responder
  17. Maria F Silva

    Muito lindo o seu texto , os seus Presépios …sensibilizou-me imenso o último …não sei porquê …!!! Beijinho ,Manuel Luis e obrigada por alegrar o meu fim de dia …

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *