Guardiãs do Templo

Gosto de gárgulas. “Parecem-me sempre pesadelos!” – atirou o Rui, enquanto de nariz no ar olhávamos as muitas que coroam o mosteiro da Batalha. Ri-me do comentário mas até que não deixa de fazer sentido, grotescos que são estes desaguadores de pedra, tão próprios do gótico medievo. Se bem que tenham a função de fazer cair as águas pluviais bem afastadas da parede e de proteger tão santas pedras de todos os males, não deixam de sobressaltar se as imaginarmos, noite caída, com vida própria, abandonando a vigia. Cá para mim o Rui anda a ler Victor Hugo (“Notre Dame de Paris”), ou então viu o filme da Disney!

3 comentários a “Guardiãs do Templo

  1. Alexandra Fernandes

    Bom dia MLGoucha,vi uma entrevista na revista Cristina(mes de Setembro),sobre uma associação de animais em São Brá de Alportel (a corações 100 dono),que está a passar por dificuldades e em risco de fechar.
    É possivel dar visibilidade no programa.Obrigada,pelo tempo de dispõe ao ler este mail.
    Cumprimentos.

    Responder
  2. Lina

    O Rui tem muito bom gosto, gosto de ver como veste, o estilo na foto do Instagram: as pulseiras, o relógio, ai a camisa!! E os óculos

    Além disso dizem que tem um companheiro culto,viajado, com dotes culinários e bom gosto para decoração e roupas e ainda é extremamente criativo??

    Que dois!!

    Que a vida vos abençoe sempre!

    Que bom poder observar um pouco! Obrigada.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *