Cristina e Manel – Uma dupla de sucesso!

Calma que “há mais Marias na terra”! Este Manuel é de Marvão e com todo o orgulho, também pudera a vila estonteia de boniteza, tem muita história para contar e está bem preservada, já a Cristina nada tem a ver, pois não é da terra, se bem que por ela e por ele, o Manel, se tenha tomado de amores, foi professora e andou por outras bandas, até ao dia em que, talvez cansada de tentar ensinar, que é coisa que vou ouvindo cada vez mais, meteu mãos noutras massas, mais doces e tentadoras. Logo lhe gabaram as bolachinhas e mais os biscoitos e daí a pô-los a render foi rápido.

Já provou as aveias de Marvão? – perguntou-me a Felicidade (uma simpática senhora da Câmara) mal chegado à vila para assistir ao concerto inaugural do festival que a enche de musica, uma vez ao ano, já vão para seis (não tarda está a começar um outro, agora de cinema), e enquanto me guiava em direção ao castelo. Também “avei(a)s” de comer e de chorar por mais, que a bem dizer foi o que me apeteceu fazer terminada a embalagem, ainda nem tínhamos chegado ao monte. Aquilo são como cerejas, não vai uma sem outra e logo mais uma a seguir, de tão delicadas e saborosas que são. Ainda bem que dali saímos, com outras gulosas alternativas, que sei bem do que a casa gosta e gasta, desde os “esses”robustos feitos segundo a tradição, “com os azeites” aquecidos e perfumados de laranja e canela, óptimos para ensopar no chá ou no café, aos biscoitos de castanha, passando pelas orvelhenas, que no falar antigo da vila quer dizer amendoins, talvez o menos doce deles todos mas de igual modo irresistível…Muito mais ali se vende, dos licores às tisanas, dos vinhos ao “ouro líquido” (azeites) mas foram as bolachas feitas de farinha, açúcar… e ternura, trazendo-me à memória a avó Edla que também as fazia como ninguém, que me levaram em boa hora a franquear aquela porta. É fácil dar com a lojinha, fica logo do lado esquerdo de quem entra na vila ou então basta seguir o cheiro doce que invade as ruas, que nem flautista de Hamelim.

2 comentários a “Cristina e Manel – Uma dupla de sucesso!

  1. Joaquim Moleiro

    Meu caro Manuel Luís Goucha, hoje fiquei abismado com a notícia de que a Cristina Ferreira, o ia abandonar e mudar-se para o canal SIC, por ” um milhão de euros ” – ano! A ser verdade, o Sr. vai perder a maioria dos vossos admiradores do programa da manhã, o que é uma pena! Quem irá substituir uma mulher daquelas na TVI? Espero resposta!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *