Baden-Baden!

“Se gostas de ópera, tens de ir a Baden-Baden!” – disse-me Rosa Cullell mal chegada à TVI, ela que é melómana e já havia dirigido o Liceu de Barcelona. Já tinha ouvido falar da pequena cidade alemã pelas suas águas, famosas desde o tempo dos romanos pelas suas virtudes terapêuticas, sobretudo para quem sofre de males do coração e das vias respiratórias, desconhecia era a sua vitalidade cultural.

Não faltam concertos de música clássica, espectáculos teatrais, de bailado e ópera para que esta romântica e elegante estância termal seja um destino irrecusável para quem como eu se cura através da Arte. Vi “Orfeu e Eurídice”, de Gluck, compositor alemão, cantada, e dançada pela companhia de bailado de Hamburgo, dirigida pelo americano John Neumeier (bravo!!), no Festival Hall a segunda maior casa de ópera e sala de concertos da Europa, e passeei sem pressa e quase sem destino pelo imenso verde que bordeja o rio Oos, sem porém deixar de entrar no museu de arte contemporânea, onde podemos admirar a colecção do seu fundador, Frieder Burda, falecido já no decorrer deste ano. Um almoço nos jardins do Brenners-Park Hotel regado por um riesling alsaciano fresco e frutado culminaria a minha estada nesta que é uma jóia em plena Floresta Negra e onde certamente voltarei.

Próxima paragem: Estrasburgo.

 

8 comentários a “Baden-Baden!

  1. Lília Vitorino

    Manuel Luis, Baden Baden é também conhecida pelas suas termas, uma delas com mais de 100 anos e de inspiração romana com salas de perder a respiração.
    Verdadeiramente a não perder! Deixei link na publicação do facebook.

    Responder
  2. Maria Assunção Cunha Ribeiro

    Comecei agora a conhecer a Alemanha,pena que só agora, mas como se costuma dizer,mais vale tarde de que nunca! As bonitas fotografias revelam uma cidade com uma áurea romântica tendo como cenário a natureza verdejante.Tal como o Manuel Luís sou uma apaixonada pelas atividades culturais e arte e, também partilho da sua opinião, são um bálsamo para o espírito.

    Responder
  3. Marta Fernandes

    Delicio-me a ler as suas crónicas de viagens e fotografias do que realmente importa. Apaixonada que sou por arte e lugares históricos, pergunto-me para quando um livro seu com estes belos textos de viagens e cultura? Já merecíamos !

    Responder
  4. Elisabeth Andrade Fresco Nicolau

    Ontem quando vi as fotos comentei com o meu marido que pela paisagem parecia me a Alemanha não me enganei… nada mais bonito que a floresta Negra beijinhos continuação de otimas ferias aqui do Reino Unido em Berwick uma vila tb lindíssima e com muita história…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *