As bifanas do Bexiga!

Já me haviam dito que as bifanas do Bexiga eram melhores que as de Vendas Novas. Mas como tirar isso a limpo se sempre que passava pelo centro de Monforte encontrava fechada a Casa das Bifanas? Ou porque eu ia a desoras ou por que o Senhor José já não está para passar horas e horas, com o estaminé aberto sem freguesia. É que são muitos anos a dar conta do recado, depois de herdado o negócio do sogro aberto nos idos de cinquenta. Este fim-de-semana é que foi: vindo de Estremoz de aparar a barba no Fragoso, que isto agora tenho outras preocupações capilares, cheio de larica, lembrei-me do simpático casal Ilda e José, que conheci na romaria dos Prazeres e rumei a Monforte para ver se era desta que metia dente nas tão famosas bifanas. Em boa hora o fiz, que agora sim posso afiançar serem as bifanas do Bexiga petisco de comer e lamber os beiços. Vem a fêvera em pão quente e estaladiço, a saber a alho e louro, e a desfazer-se em maciez e suculência. Gosto de lhe passar carícia de mostarda e de a fazer acompanhar de uma imperial bem gelada, que, apesar de não ser dado à cerveja, é bebida que me sabe bem quando o calor aperta. Tenho que para o próximo fim-de-semana estou lá caído, ainda por cima porque a conversa solta e franca também é garantida.

Casa das Bifanas

Rua Visconde da Luz, 20

Monforte

bifanas1

bifanas2

bifanas3

bifanas4

bifanas5

bifanas6

bifanas7

4 comentários a “As bifanas do Bexiga!

  1. Manuel Abreu

    Olá Manuel Luís.
    Há tempos vi-o na TV a gabar a taberna “Tinto e petiscos” de Vaiamonte. Como havia um encontro de filarmónicas em Monforte, eu e minha esposa saímos de Coimbra e fomos lá almoçar e por lá ficámos. Pois, são verdadeiros todos os elogios que lhes faz. Tudo é excelente (instalações, limpeza, cozinhados maravilhosos e simpatia). Mas… há sempre um “mas”: pedi vinho a copo (2 taças) e paguei 9€. A vontade que tinha de lá voltar no dia seguinte, desapareceu. Ficámos num turismo rural, mas fomos almoçar a Vila Fernando noutra casa por si recomendada: a “Tasca do Adro”. Outro recanto maravilhoso onde também bebi 2 taças de vinho avulso e paguei 3€. Claro que vou recomendar a primeira mas, assinalando sempre, a exploração nas taças de vinho. Ah… o vinho era de Estremoz e não era Reserva.
    No entanto, quero continuar a apreciar os seus gostos culinários.
    Grato por isso.

    Responder
  2. Carla

    Manuel
    Pelo que conta devem ser deliciosas, costumo comer as de Vendas Novas mas simples sem mostarda.

    Volto a repetir a barba fica-lhe muito bem, como é que um simples detalhe faz tanta diferença.
    Hoje também estou amarelo, esta cor transmite vida, sol.

    Abraço
    Carla

    Responder
  3. Ana palma

    Obrigada por promover o que há de melhor no nosso país. Mas quanto a mudança de visual desejo que se canse depressa pois não o favorece de repente deixei de ver o Goucha e passei a ver o avô dele.
    Gosto muito de si mas sem barba

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *