Uma história MasterChef

14101928Ontem ao ver o primeiro programa Masterchef comovi-me, de novo, com as lágrimas da Eva, ao perceber que cedendo à pressão não ganharia disponibilidade para nos apresentar uma receita capaz de honrar o pão enquanto ingrediente principal, que esse era o objectivo da última prova de selecção, e de reafirmar o seu talento e vocação para continuar na competição .

A Eva já antes havia chorado, em dois momentos distintos: no Terreiro do Paço, aquando do “mega-casting”, e na segunda prova de selecção. Lágrimas de emoção, de alegria, sustentadas por certo pela vontade em querer ir mais além, no sonho de competir no Masterchef. Bem diferentes destas outras de desalento e desespero. Terminadas as gravações só me apeteceu abraçá-la e não descansei enquanto não o fiz. Sem grandes palavras, que um abraço diz tudo, dado no momento certo. Também gosto que me abracem quando me sinto perdido. É aconchego. É abrigo. É chão.

Esta madrugada recebi esta mensagem da Eva. Ela que me perdoe a inconfidência mas se a partilho é porque ela é a prova de que depois de um vale há sempre uma montanha por escalar. Dizem os crentes que “Deus fecha uma porta para logo abrir uma janela”.
Obrigado Eva pelo que aprendi à custa das lágrimas. As suas.

14101929

“Olá, muito boa noite!
Manuel, já lhe agradeci no seu blog, mas não podia deixar de o fazer aqui. Agradeço-lhe de coração as palavras! Mais uma vez, aconchegaram-me o coração.
As lágrimas, essas, ainda andaram por cá mais uns tempos. Na verdade hoje voltaram, era inevitável!
Mas, uns dias depois levantei a cabeça e fiz-me à cozinha. Criei um blog que neste curto espaço de tempo já é um blog recomendado pelo 24kitchen. Recebi um convite da concorrência (sic) para participar num desafio deles e concorri a um casting do 24kitchen. O Masterchef só reforçou a paixão pela comida e mais, fez-me perceber que gosto de camaras de tv! E é tão bom descobrir novas coisas!
Um dia destes faço questão de lhe ir dar um abraço ao Você na TV.
Mais uma vez, agradeço de todo o coração todo o respeito e carinho que recebi de si!
Um beijo,
Eva”

Aqui fica o blogue da Eva:
http://aaventuraculinaria.blogspot.pt/

9 comentários a “Uma história MasterChef

  1. Rita

    Olá,
    Desde já começo por dizer que gosto muito do seu trabalho e que o blog está exelente.
    Gosto bastante de seguir o master chef pois é um óptimo programa e visto eu ser cozinheira gosto de ver como as pessoas em qualquer idade podem seguir os seus sonhos e neste caso evoluir no master chef para seguirem o seu sonho.
    Eu vivo no luxemburgo e ainda só tenho computador cá, não tenho televisão para poder ver o programa em directo, costumava ver no youtube mas a TVI nunca mais pos os vídeos e até retirou alguns, no site da TVI não existem os vídeos completos, onde poderei ver o master chef se não tenho televisão para seguir em directo?
    Muito obrigada pela atenção
    Os meus cumprimentos continuação de um excelente trabalho

    Responder
  2. Maria Chaves

    Mais uma vez Muitos Parabéns por ser Tão Humano , Compreensivo e Tão Bom Profissional como é, Manuel Luís. Transmitindo a sua Compreensão e Simpatia à Eva, possibilitou que ela reencontrasse a Esperança e descobrisse um novo e Bom caminho para a sua vida. Continue assim, Manuel Luís, que Deus o Abençoará, certamente, embora seja agnóstico…..

    Responder
  3. dina silva

    Querido Manuel Luis adorei ter participado no Masterchef. VC é espectacular!!!!! VC é MT humano e na sua grandeza está a humildade de saber recompensar com esta palavras de carinho como aconteceu com a Eva. Tb tenho q lhe agradecer o conforto q me deu no casting qd elogiou o meu arroz de lima. Gostava MT de ter continuado, Mas a falta da agua na bancada e os meus insistentes pedidos de socorro à produção não valeram de nada…simplesmente me deram um xuto no rabo. A mega produção deveria ter dado nova oportunidade ao meu caso e à Eva. Teria sido lindo!!! Um bem haja pra si… vou é maravilhoso. Ass: Dina Silva

    Responder
  4. filomena sousa

    A Eva não aguentou a pressão,foi pena!O programa foi muito bem conduzido pelo Sr. Manuel Luis Goucha,muito bom, não fica nada atrás do Australiano.

    Responder
  5. Maria Fernanda Mocho Braço Forte

    Boa noite Manuel Luís Goucha. Gosto muito de ouvir, a impressão que tenho do Sor. é um homem muito humano. O abraço que o Sr. teve vontade de dar á Eva só tenho de dizer. Quantas Dores um abraço pode curar?
    Desejo as maiores felicidades e um Abraço.

    Responder
  6. Maria Elisabete Gavina

    Adorei o seu programa, aliás tudo o que tem feito em televisão é de um grande profissionalismo.
    o Manuel Luís, transmite confiância, honestidade e um grande coração.

    Responder
  7. João

    Olá. Manuel Luis Goucha podia dizer qual é o blog da Eva? Se poder partilhe o link do blog da Eva aqui no seu blog ou no Facebook. Continuação de muito sucesso para si.

    Responder
  8. Daniel Lima

    De facto foi uma concorrente que me deixou triste pois queria mesmo que ela passasse, pois foi o desespero o nervosismo que a levou a sair do programa.
    Muitos Parabéns á TVI pelo programa ( prendeu-me ao ecrã);
    Muitos Parabéns ao Manuel Luis pelo seu Blog;
    E muitos Parabéns á Eva uma grande concorrente e mulher, boa sorte neste caminho (cozinha) ou noutros.
    Bom Domingo!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *