Um museu com tapeçarias dentro

Já tinha visitado a sua Manufactura de Tapeçarias mas agora que regressei a Portalegre resolvi conhecer o Museu. Instalado no Palácio Castelo Branco um edifício barroco situado no centro histórico da cidade,  e por isso de maior interesse, o museu que leva o nome de Guy Fino (este e Manuel Celestino Peixeiro estão na origem da manufactura ao pretenderem recuperar a tradição dos tapetes de ponto de nó) procura informar sobre a história e técnica da execução de tais tapeçarias ao mesmo tempo que exibe exemplares únicos desta arte maior desde os anos 40 até à actualidade. Uma vez mais deixei-me deslumbrar pelo trabalho delicado e moroso das tapeceiras de Portalegre a partir das obras de grandes nomes das artes plásticas como Vieira da Silva, Almada Negreiros, Eduardo Nery, Menez, Rogério Amaral, Júlio Pomar, Guilherme Camarinha, Artur Bual ….

Em andando pela cidade não deixe de conhecer este património nosso que marca a diferença e é reconhecido internacionalmente.

1 comentário a “Um museu com tapeçarias dentro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *