Tarte de queijo e abóbora

tarte de queijo

A ligação entre o requeijão e o doce de abóbora é tradicionalmente conhecida. Melhor ainda se lhe juntarmos miolo de noz e um fio de mel. Foi a partir destes elementos que pensei nesta receita para si, ao jeito de uma tarte, sendo que juntei no recheio a abóbora-manteiga, por conter muito menos água, e o queijo Philadelphia, por ser ideal para “cheesecakes”. Espero que goste, olhe que cá em casa foi um “ver se te avias” (só eu dei conta de quase meia tarte!).

massa quebrada (de compra) para forrar a forma de tarte
400 gr. de abóbora-manteiga descascada, sem sementes e cozida em água.
150 gr. de queijo Philadelphia
120 gr. de açúcar mascavado
4 ovos
2 colheres (sopa) de Maizena
miolo de noz a gosto

Pré-aqueça o forno a 180 C.
No copo da sua liquidificadora ou no robot de cozinha junte a abóbora cozida, o queijo Philadelphia, a Maizena e o açúcar.
Ligue a máquina e reduza tudo a creme.
Junte os ovos, um a um, continuando a misturar bem.
Forre uma forma de tarte, de fundo móvel, untada, com a massa. Pique a massa com os dentes de um garfo.
Espalhe, na forma, o miolo de noz picado grosseiramente.
Deite, na forma, o creme de queijo e abóbora.
Leve a tarte ao forno por uns trinta e cinco minutos.

tarte de queijo2

Na hora de servir pode decorar com metades de noz. Pode ainda regar com um fio de mel ou de “maple syrup” (xarope de ácer) ou polvilhar com açúcar e queimar com ferro, ou maçarico de cozinha.

18 comentários a “Tarte de queijo e abóbora

  1. Conceição

    Viva MLG!
    As suas receitas/ideias são sempre muito apreciadas cá por casa…e Amigos…às vezes até duvidam que seja eu a fazer…LOL! o meu tempo de ter empregada”..já lá foi…Parabéns, em meu nome e em nome dos que provam e duvidam…mas gostam!!

    Responder
  2. Fernanda

    Caro MLG
    Deixo-lhe a sugestão de substituir a massa quebrada pela própria abóbora. Corta-se uma tampa na abóbora e retira-se o miolo necessário para a sua confeção deixando o resto em volta. As fatias ficam lindas.

    Fernanda

    Responder
  3. Ana Couceiro

    Ola Manuel Luis,
    A minha duvida é sobre o tipo de abobora referenciada na sua receita!Só conheço a abobora menina e abobora porqueira!
    A abobora manteiga é igual a abora menina?
    Obrigada!

    Responder
  4. Francisco Sá

    Uma vez mais obrigado pela partilha de tão boas receitas. Todos sem excepção com um aspecto delicioso. Uma tentação sem duvida. Tenho refermentado algumas receitas e confesso que são um sucesso.

    Responder
  5. Rosa

    Bom Dia Manuel Luis Goucha tenho uma duvida para fazer esta receita posso utilizar outro tipo de Abobora?e em vez do açucar mascavado posso utilizar o açucar normal?Obrigada

    Responder
  6. Teresa Gonçalves

    Bom dia MLG!! Conhecemo-nos nos tempos em que eu fazia rádio no RCP, ao lado do meu querido Aurélio Gomes! Acompanho assíduamente o seu blog ,até porque uma das minhas grandes paixões é a culinária/cozinha! Aprecio em particular os doces/sobremesas.. E como, todos os anos, faço festa de Halloween cá em casa, tentando usar os produtos desta época do ano, e ainda mais, alusivos à temática, confesso que esta Tarte de abóbora, queijo e nozes, “caiu” do céu!!! Muitíssimo obrigada! Mas aproveito para sugerir que, em vez de bases de tarte de compra, se faça uma boa massa quebrada em casa. Isso , eu não dispenso!;-) aliás, tenho uma receita sua, mais antiga, duma tarte de pêra pincelada com funcho que ,lamentavelmente, não trás a receita da massa..se eventualmente ainda a tiver, acha que poderia enviar-me!? Dede já, agradeço! E continue a dar ótimas sugestões!!! Bj

    Responder
  7. Célia Ramos

    Esta é bem fácil de fazer e parece ser deliciosa, já está na minha lista de receitas a experimentar.O seu bolo de laranja é sempre um sucesso cá em casa, acho que esta tarte irá pelo mesmo caminho. Beijinhos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *