SEXTA-FEIRA, 12 DE JULHO

8.30
SONY DSCAcordar em Times Square é empolgante, tal o corropio que sei vinte e seis andares abaixo.
Tenho todo o tempo por minha conta, para fazer o que me der na gana, se bem que sendo eu irritantemente organizado pouco deixe ao acaso. Sendo o único dia inteiramente livre, desta breve estada em Nova Iorque, há que o rentabilizar no que sempre me acrescenta: a arte. Por isso, primeiro-almoço tomado, ala para a rua… Quinta Avenida arriba até ao Museu Guggenheim. É um esticão, convenhamos, e ainda por cima sob um calor que se cola à pele (gosto bem mais da cidade no Inverno e particularmente no Natal!) mas se não for nestas ocasiões nunca ando a pé, por isso deixemos-nos de parlapiê e avancemos.

10.00
Museu Guggenheim

SONY DSCSONY DSCGosto das formas geométricas e puras com que Frank Lloyd Wright o idealizou. Inaugurado em 1956, seis meses após a morte do seu arquitecto, alberga uma impressionante colecção de arte moderna, outrora pertença de Solomon Guggenheim e de sua sobrinha Peggy Guggenheim. Independentemente do acervo do museu, há sempre exposições temporárias ou instalações como a actual de James Turrell e que se prolongará até meados de Setembro.

rotundas_guggenheimSONY DSCJames Turrell usa a cor e o som, logo na rotunda do museu, transformando-a num espectáculo mágico e introspectivo. Não se estranhem pois os corpos deitados no chão e de olhos no alto… e claro que este vosso amigo também não recusou a experiência.

www.guggenheim.org

14.00
Museu Metropolitan

SONY DSCÉ como no Louvre, no Prado e em qualquer outro grande museu, uma semana talvez não chegue para ver tudo, por isso opto sempre por uma exposição de cada vez. Ainda não tinha apreciado o espólio do Metropolitan consagrado à arte egípcia, por achar que me bastava o muito que tinha visto no Cairo. Em boa hora o fiz, que a exposição é soberba. O seu núcleo de arte egípcia foi constituído durante a primeira metade do século XX e resulta em parte das escavações promovidas pelo Metropolitan no Egipto e na sequente divisão dos achados por parte das autoridades daquele país e também da compra de colecções privadas.

SONY DSCO templo de Dendur foi um presente do Egipto em reconhecimento pela ajuda prestada pelos EUA no salvamento dos monumentos da Núbia. Se não tivesse sido removido, este templo teria ficado submerso pelas águas do Nilo, aquando da construção da barragem de Assuão.

16.00
Colecção Frick

SONY DSCÉ a terceira vez que entro na casa que foi de Henry Frick, o magnata do aço, e onde se pode admirar uma muito completa colecção de pintura e outras obras de arte por si coleccionadas ao longo da sua vida. Tenho para mim que o mais interessante desta experiência é perceber a relação de cada uma das obras com o espaço que outrora foi habitado. Mas desta vez o que ali me levou foi uma mostra surpreendente de relógios de mesa e de bolso, verdadeiros objectos de precisão e esplendor.

www.frick.org

18.00

kinky_bootskinky_boots2kinky_boots3Regresso ao hotel para trocar de roupa, que em estando na Broadway não posso deixar de ir ao teatro. Escolhi o “Kinky Boots”, por ter sido premiado com 6 Tonys (nomeadamente o de melhor musical), sendo que este é maior prémio dado ao teatro nos Estados Unidos (equivalente ao Óscar no cinema). Gosto de musicais, pelo muito que o género exige a quem oficia, em dança, canto e representação. É quase sempre (que, por vezes, também se enfia um ou outro barrete) uma empolgação.

www.broadway.com

23.00

Hora da deita depois de um dia em cheio. Amanhã outro galo cantará. Será o meu primeiro contacto com a comunidade portuguesa de Newark. Não nos esqueçamos ao que vim: celebrar, em nome da TVI, a chegada aos EUA da TVI Internacional, e com muitos dos largos milhares de portugueses que o projecto quer abraçar. O dia da festa será Domingo, com ligações em directo, mas amanhã quero conhecer alguns dos portugueses que em Newark vivem e lutam por uma vida digna e com sucesso, para registar e mostrar depois no Você na TV.
Lá fora, Times Square não dá sinais de adormecer (vou ter de usar tampões nos ouvidos), antes se apresenta ainda mais vibrante e luminosa de tantos “néons”. Já eu não posso dizer o mesmo, que aos poucos me sinto a apagar.
Good Night (se bem que para si seja Bom Dia!… que isto dada a diferença horária andamos trocados)

times_square_noite

9 comentários a “SEXTA-FEIRA, 12 DE JULHO

  1. Idalina Paula

    Bom dia,
    Já passou algum tempo da viagem a Nova York e New Jersey, as imagens levaram-me de novo á 5 anos atras, o coração encheu-se de saudades de 6 meses de trabalho na cidade “que nunca dorme”, Sim tempo para conhecer e desfrutar de Time Square, Broadway , os museus, a arte de rua, Central Park, Soho, etc tudo isso me traz boas lembranças.
    Sim também eu conheci Nova York a pé, é fantástico quando conseguimos conhecer cada recanto fascinante que essa cidade que todos os aranhas céus escondem .
    Obg, Bjs

    Responder
  2. Daniela Morais

    Bom dia Manuel 🙂

    Gosto muito do que publica e sou uma espectadora assidua quer do “Você na Tv” quer do seu “Cabaré” 🙂

    Beijinhos
    Daniela Morais

    Responder
  3. Maria

    Espero voltar a Manhattan em breve. É uma cidade vibrante!! Foi a cidade que mais me fascinou nas minhas viagens. Viveria aí com muito gosto. Adoro o estilo de vida urbano de NY, os edifícios, a arte, os restaurantes, os jardins, os hotéis, as lojas, os espetáculos….. Esta sua “reportagem” deixou-me com vontade de ir para aí já! Continue a divertir-se e a viver as coisas boas da vida.

    Responder
    1. MLG

      Gosto de Nova Iorque sobretudo de Inverno ( então no Natal!) mas está longe de ser a minha cidade. Não há nada a fazer, cara Maria, sou mesmo europeu e adoro Paris. Um beijo

      Responder
  4. Maria Chaves

    Muito Obrigada, Manuel Luís, por compartilhar com o público a sua viagem a Nova Iorque. Adorei ler as suas descrições das visitas aos museus e da energia “fervilhante” da cidade que nunca dorme…..Desejo que a sua estadia e trabalho corram o Melhor possível, que se divirta Muito e que regresse com toda a sua energia positiva e boa disposição. Amanhã, lá estarei, diante da minha televisão, para assistir ao lançamento do canal internacional. Um Abraço.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *