Risoto de camarão e espargos

risotto_camarão

 

1 cebola descascada e picada miudamente
2 dentes de alho dedicados e cortados em lâminas.
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de manteiga
1 chávena (almoçadeira) de arroz
1 copo pequeno de vinho branco
1 colher (chá) de caril em pó
6 pontas espargos de espargos cortadas em fatias
300 gr. de miolo de camarão descongelado
queijo ralado na altura, a gosto (gruyère ou parmesão)
sal e pimenta preta moída na altura
salsa picada

Tenha junto de si água fervente. Ela vai ser necessária para a feitura do risoto.
Num tacho, aqueça azeite e manteiga.
Junte a cebola e o alho. Deixe dourar um pouco.
Junte o arroz e o caril em pó. Mexa e deixe que o arroz ganhe sabor.
Junte o vinho branco. Deixe ferver e evaporar.
Junte um pouco de água fervente. Deixe cozinhar, de modo a que o arroz a absorva. Vá mexendo com uma colher de pau.
Junte um pouco mais de água fervente. Deixe cozinhar, continuando a mexer, até que o arroz tenha, de novo, absorvido a água.
Junte mais um pouco de água e proceda como anteriormente.
Foram necessárias quatro porções de água fervente, para que o arroz tenha ficado no ponto.
Junte o miolo de camarão. Vá mexendo.
Junte as pontas de espargos. Deixe cozinhar por mais uns breves minutos.
Junte o queijo ralado. Mexa. O queijo tem a função de ligar o arroz e torná-lo mais cremoso.
Tempere de sal (pouco) e pimenta preta.
Junte um pouco de salsa picada na hora de servir.

Tome nota:
Na feitura de um risoto é fundamental ter sempre, à mão, água fervente.
A água fervente vai-se juntando ao arroz, à medida que ele for absorvendo a quantidade de água anteriormente acrescentada (Foto 1), sem que pare a cozedura.
Tem de ir mexendo sempre, ao longo da confecção.

foto1_tomeNota

 

Foto 1

15 comentários a “Risoto de camarão e espargos

  1. Andreia Brás

    Boa tarde Manuel Luís. Gostaria que me tirasse umas duvidas quanto á confeção do risotto. Gostava de saber se em vez de utilizar água fervente poderei usar por exemplo a água da cozedura do camarão e o Manel na sua receita utiliza só uma chávena de arroz, ora eu gostava de saber para quantas pessoas dará essa chávena de arroz. Quero também deixar aqui os meus parabéns pelo seu magnifico blog e por todas as receitas que tem partilhado, já fiz algumas e não á palavras. Dou-lhe também os meus parabéns pela pessoa linda que é, e pelo seu trabalho para com todos nós que gostamos de si. Votos de muitas felicidades para si e um Beijinho grande desta sua “seguidora” :-*

    Responder
  2. Eduarda Rosario

    ML hoje fiz o Risotto e é delicioso!Como não tinha espargos usei courgette em palitos, e ficou muito bem!Parabéns pelo seu blog, eu leio-o todos os dias!Bjs desde Luxemburgo!

    Responder
  3. manuela branca

    Ou então se gosta de cogumelos secos, para cozinha-los terá que os deixar por uns minutos em água morna, com essa mesma água(depois de coada naturalmente) poderá aquecer e usar no risoto, dependendo sempre do gosto de cada um.

    Responder
  4. manuela branca

    SUGESTÃO: Poderá usar a água de cozer carne em vez da agua quente, ou então um dado da knorr….mas as receitas do Manuel Luis são de ficar com água na boca.PARABÉNS.

    Responder
  5. maria luzia rodrigues

    ainda não fiz mas deve ser maravilhoso e saboroso!!! faço anos de casada no dia dos reis vou tentar fazer e vou adorar beijocas adoro o luis adoraria estar consigo ia ser uma grande prenda de casada luzia rodrigues

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>