Paulo Battista: dois anos de sucesso

E eu que não sou muito dado a festas a esta disse logo que ia. E que até fazia questão de dizer umas palavrinhas sobre o homenageado e a sua marca, que a bem dizer são a mesma coisa. E a coisa deu-se naquele final de tarde no Pátio Alfacinha entre amigos e clientes, sendo que os clientes também lhe têm estima. Pedi ao Miguel Leitão (o Mikas) para que, com a sua câmara, não perdesse pitada do evento e assim é-me possível partilhar consigo estas imagens onde o afecto anda à solta. E que venham muitos mais anos de cortes e costura, comigo a vestir o seu talento.

paulo-battista1

paulo-battista2

paulo-battista3

paulo-battista4

5 comentários a “Paulo Battista: dois anos de sucesso

  1. Carla

    Manuel
    Sei que é um homem preocupado com a qualidade da alimentação, já o ouvi várias vezes falar do salmão, como ele não é tão saudável como dizem ser. Peço-lhe para ver este video é uma grande investigação sobre a alimentação do peixe que comemos, vale mesmo a pena ver. A ração, pesticidas, as as maleitas que provoca.
    Peço desculpa por invadir o seu cabaré com um assunto alheio ao tema, se o faço é porque estas coisas tem que ser partilhadas, está em risco a saúde pública de quem o consome. Há muito tempo que deixei de comer salmão, o meu irmão vive na Noruega e os noruegueses quase não o consomem.

    https://artedeomissao.wordpress.com/2016/09/12/salmao-de-viveiro-da-noruega-alimento-mais-toxico-do-mundo/

    O entusiasmo é aquilo que nos comanda.
    Coimbra de Matos

    Abraço
    Carla

    Responder
  2. Carla

    Manuel
    Já tinha visto a reportagem na TV, gostei muito.
    Está muito elegante, gosto de cores arrojadas prima pela diferença, não dúvido que seja eleito o mais elegante do ano. Os homens cada vez estão mais cuidados, preocupam-se com a aparência.
    Guapisímossssss todos.
    O Paulo Battista já devia ter sucesso com o seu trabalho, mas o Manuel dê-lhe outra visibilidade.
    Vou ouvir a entrevista.

    Abraço
    Carla

    Responder
  3. Antonia Maria Marchão Narciso

    Gosto muito de ler as suas reportagens que vai fazendo aí pelo monte e arredores. Tenho uma grande admiração por si já estive duas vezes consigo no Entroncamento como gosta muito do Alentejo convido-o a visitar a minha terra natal, já esteve lá perto. É uma aldeia linda muito antiga e com monumentos muito antigos, único sítio no País onde para se chegar ao castelo tem de se descer em vez de se subir. Pois o nome da aldeia é Amieira do Tejo. Conselho de Nisa Distrito de Portalegre. Esperando que considere uma próxima visita desde já agradeço e me despeço com um grande bem haja e já agora um beijo no seu coração.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *