O meu cheesecake de banana

foto1

O seu a seu dono, foi assim que me foi servido um cheesecake de banana, na “Cantina 32” um restaurante muito na moda na cidade do Porto, no 32 da rua das Flores, e só esta merece o passeio, dada a oferta de um lado e do outro, entre o moderno e o tradicional, das ourivesarias, e retrosarias, às lojas de artesanato e de coisas antigas, passando pelas mais diversas opções gastronómicas, onde a “Cantina” merece a nossa atenção pelo espaço, pela decoração, pela simpatia do atendimento e pela carta de comeres. Mas voltemos ao cheesecake: engenhosa apresentação (em que o doce é servido de “pernas para o ar”, que se fosse do jeito tradicional, feito em forma, a bolacha seria a base e a banana o topo), tal qual um vaso de flores, daí a sua popularidade entre quantos frequentam a “Cantina”. Achei, contudo, que não é necessária tanta gelatina no doce, mais a mais, quando servido, assim, envasado, e que poderia ter mais banana caramelizada, para ganhar, respectivamente, em cremosidade e sabor.

www.cantina32.com

O meu cheesecake de banana

Logo pensei que, regressado a casa, teria de experimentar uma outra receita de cheesecake ainda que me servindo desta como inspiração, sobretudo no jeito de a acomodar.

Comecei pelo vaso, a nota de maior criatividade, optando por pequenos vasos vidrados, no exterior e no interior, dispensando assim um outro recipiente de vidro ou plástico, à medida, que encaixasse no vaso, necessário no caso deste não ser totalmente vidrado. Utilizei mais banana caramelizada em manteiga e açúcar mascavado e optei por um creme de queijo Philadelphia e iogurte. O sucesso da sobremesa está garantido! Até a minha mãe, senhora de gostos mais tradicionais, se lambeu!

foto2

4 bananas grandes
2 colheres (sopa) rasas de manteiga sem sal
100 gr. de açúcar mascavado
sumo de limão

200 gr. de queijo Philadelphia
100 gr. de iogurte natural
1,5 dl. de natas
120 gr. de açúcar em pó
3 folhas de gelatina transparente
200 gr. bolacha de chocolate ralada

Descasque as bananas e corte-as em rodelas finas.
Borrife as rodelas de banana com sumo de limão.
Derreta a manteiga com o açúcar mascavado, numa frigideira de fundo-anti aderente.
Junte as rodelas de banana na frigideira e deixe-as dourar bem.
Retire do lume.

Numa tigela, misture em creme o queijo, o iogurte e as natas. Use uma vara de arames.
Todos os ingredientes devem estar à temperatura ambiente.
Junte o açúcar em pó e mexa bem, de modo a obter um creme bem ligado.

Demolhe as folhas de gelatina em água fria. Escorra-as e dissolva-as, depois, em meio decilitro de água bem quente (mas não fervente).

Junte a gelatina dissolvida ao creme de queijo. Mexa.

Coloque, em cada vaso, uma camada de banana caramelizada
Cubra com creme de queijo e iogurte.
Distribua nova camada de banana.
Complete com creme de queijo e iogurte.
Leve os vasos ao frigorífico para que o doce solidifique.

Meia hora antes de servir, cubra o doce, em cada vaso, com bolacha de chocolate ralada, como se de terra se tratasse. No momento de servir, espete uma florzinha em cada vaso.

Algumas sugestões:

O queijo aqui usado pode ser substituído por queijo Quark. Neste caso, dado tratar-se de um queijo mais cremoso que o Philadelphia, deve usar um iogurte mais espesso (grego, por exemplo).
Pode adoçar mais o creme de queijo, se bem que eu não ache necessário dada a inclusão de banana em calda de manteiga e açúcar mascavado, já por si bastante doce.
Se não encontrar bolacha de chocolate seca (sem recheio ou cobertura), use bolacha torrada ralada.

foto3

16 comentários a “O meu cheesecake de banana

  1. Joana Cruz

    Olá Senhor Manuel Luís Goucha! Tenho 24 anos, e o Senhor é das personalidades que mais admiro pelas distintas características de exigência, subtileza e elegância em tudo o que se envolve e de imediato reconhecíveis. De entre algumas áreas e temáticas nas quais me identifico, a cozinha é uma das que mais me apaixona! Como tal, já me aventurei com algumas das receitas desenvolvidas por si, e além de um resultado visualmente apetecível, são de facto maravilhosas para se desenvolver e saborear. Portanto, a sua receita de cheesecake será a minha próxima tentativa para surpreender tudo e todos na família! A minha dúvida é quantas doses individuais conseguimos obter com as quantidades de cada ingrediente acima apresentados? Para ver se tenho de replicar mais que uma vez a receita.

    Agradeço desde já a sua disponibilidade,
    Um beijo,
    Joana Cruz

    Responder
  2. Filipa Andreia

    Espetacular!!! Pode-me dizer onde encontramos esses vasos pequeninos vidrados? Só encontro em terracota …
    Obrigada e sem duvida que vou replicar!!! 🙂

    Responder
        1. Filipa Andreia

          Bem…que SUCESSO!!! Fui ao Horto (tive de improvisar e tapar os buraquinhos dos vaso.. !!) e fiz o cheesecake. Na hora de servir, como estávamos em pleno santo antonio, em vez de flor, ofereci um “manjerico” com quadra e tudo! Ficaram todos de boca aberta…ahahaha…e quando começaram a comer, nem queriam acreditar!!!! Obrigada Manuel Luis. !!!! 🙂

          Responder
  3. Filipe Bruno

    Muito bom ver o seu blogue , é de facto um ser com bom gosto , profissional mas muito critico , o que às vezes cansa , mas essa parte penso que 15 atras era pior , gostei da publição mas tem de alterar sempre qualquer coisa , como se ninguem fizesse nada ao ponto ! Mas eu entendo homens como o goucha . Muitos Parabéns na mesma e obrigado por partilhar coisas interessantes como as que partilha !

    Responder
    1. MLG

      Sou pela qualidade em tudo. Se o doce tinha gelatina a mais, faço-o com menos gelatina. É outra receita apenas. Não me canso de procurar melhorar, segundo os meus padrões de exigência. A começar por mim próprio. Se o isto o cansa, lamento. Mas a única pessoa que se devia cansar era eu, cansa-me a mediocridade, cansa-me a falta de pormenor. Mas Filipe Bruno isto nada tem a ver consigo e já nem com o próprio do cheesecake.

      Responder
  4. Maria José pinheiro nunes

    O doce deve ser maravilhoso, tenho 61 anos fique sem emprego há seis anos, comecei a velo todos os dias confesso,que nunca vi ninguém com tanta SABEDORIA, INTELIGÊNCIA, SENTIDO HUMOR,VERDADEIRO, GRANDE PROFISSIONAL, FELICIDADES, até amanhã boa noite.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *