Morreu o Senhor Tele-Culinária

Chefe Silva

É-me fácil falar de pessoas como o Chefe Silva, porque é falar de coisas gratas, das que nos enchem a alma, como a ternura e o respeito. Sabe-me bem falar de pessoas para quem generosidade e humildade não foram palavras vãs, mas sim valores que balizaram todo um caminho percorrido em defesa da cozinha e das tradições que continuam nossas. Simboliza o Chefe Silva toda uma geração que da tarimba fez escola em prol de uma arte, quando como tal não era tida. Por isso mantenho o respeito que sempre senti por ele, que a ternura guardo-a dos momentos que partilhámos, nas mais diversas ocasiões.

Através das histórias que contava e cantava, que esse era outro dos seus talentos quando se juntava aos da sua Caldelas natal, e do seu sábio oficiar, descobri um país que é, também por tudo isso, diferente de quantos com ele fazem união. Falar do Chefe Silva é recordar repiques e lengalengas … o cheiro do fumeiro e da esteva… o frescor da água da nascente. Falar do Chefe Silva é celebrar o que de mais autêntico pode uma vida encerrar.

Tivesse eu talento e cerziria esta toada a fio de seda e ouro, tal é a nobreza que sempre vestiu este homem do Povo.

Obrigado Chefe!

16 comentários a “Morreu o Senhor Tele-Culinária

  1. abilio cunha

    ok Goucha este grande senhor é da minha aldeia termas de Caldelas Amares Braga onde se encontra sepultado homem de grande prestigio na sua e minha terra natal grande senhor em todos os aspectos Abìlio Cunha

    Responder
  2. Josefa

    Grandes palavras para um Sr.tão nobre e com o grande legado que nos deixou.
    Paz à sua alma.
    Goucha não encontro o seu livro em nenhum dos locais que mencionou,
    será que já esgotou?Fico muito triste sem ter um.
    Diga-me onde posso encontrar?
    Um grande abraço.
    Josefa

    Responder
    1. MLG

      Olá Josefa
      Consta que a primeira edição está quase esgotada, mas está à venda na FNAC, nas livrarias e nas grandes superfícies como Continente, Jumbo…
      Um beijo

      Responder
  3. Rosa Maria Cruz

    Ola ,Manuel Luis
    Tive o prazer de conhecer o Chefe Silva pessoalmente e de tomar com ele e a esposa alguns pequenos almocos numa pequena pastelaria portuguesa em Newark durante uma das suas passagens pelos USA ,exelente pessoa deu-me algumas dicas …….. DEP……Ate um dia .

    Responder
  4. Rosa Fonseca

    Fiquei triste. Paz à sua Alma. Linda homenagem que o Manue!l escreveu. Realmente, vindo de SI, tudo é bonito, seja escrito ou falado.

    Responder
  5. Margarida Lança

    A minha admiração pelo Chefe Silva é grande, como grande é a homenagem sincera que lhe dedica. O seu último parágrafo, então, é uma maravilha. Que descanse em Paz, nós o recordaremos sempre. Um abraço Manuel Luis.

    Responder
  6. Fernanda Gonçalves

    Linda e de extremo bom gosto esta simples mas maravilhosa homenagem ao nosso Chefe Silva, fiquei muito triste quando soube, tenho montes de teleculinarias, gostava muito dele e lembro-me bem dos programas dele.
    Paz a sua alma e como sempre tinha de ser do Manel esta homenagem .
    Beijinho, até amanhã novamente, estou lá sempre com vocês, são a minha companhia todas as manhãs desde que fiquei em casa.

    Responder
  7. Dulce Henriques

    Linda a sua homenagem, singela como o próprio Chefe O era. Tenho vários livros compilados com as revistas que comprei. Mais do que nunca as guardarei ainda com mais carinho. Paz a sua Alma

    Responder
  8. Berta Veiga

    A vida é mesmo uma passagem!é pessoa que sempre será lembrada .Confesso que nunca foi o meu chefe de eleição, pois na altura em que começava a interessar-me pela culinária,fiquei fascinada pela irreverencia do chefe Hernani mas sei que sempre ficará lembrada nas nossas memórias.

    Responder
  9. Teresa Lopes da Silva

    Manel…ja esperava de certa forma mas estou triste!!! Tudo o que sei devo-o a ele e ás milhares de Teleculinárias que fui adquirindo!!! Que descanse em paz!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *