Manel vai ao mercado

foto1

Gosto de mercados e de lhes tomar o pulso. Pena que alguns, por esse país fora, estejam tão abandonados. Não é o caso deste, antes pelo contrário, a cidade de Olhão orgulha-se do seu mercado, pela construção harmoniosa, em dois edifícios distintos, um para os produtos do mar outro para os da terra, inaugurados em 1916, recuperados e valorizados nos finais dos anos noventa, e pela variedade, qualidade e frescura de quanto nele se exibe. Chega a impressionar!.

Aos sábados o mercado ganha ainda maior frenesim quando, no exterior, se ajuntam os pequenos produtores, vindos de várias partes do concelho e de outros à volta, para ali venderem os seus produtos.

Esta de se ir ao mercado com o chef Victor Veloso é mais uma experiência que recomendo,das sugeridas pelo Vila Monte Farm House. A ideia é acompanharmos o chef nas compras do que, depois, nos irá servir à mesa. É deixarmo-nos levar pela sua sensibilidade e talento culinários, sabendo que do que ele gosta mesmo é de valorizar a excelência do produto local, neste caso peixe e marisco, que os verdes são para se tirar da horta que o hotel mostra com garbo.

Sai-se às 8.30, (cedo, atendendo a que é tempo de preguiçar ) mas já o mercado fervilha de gente e pregões, para se estar de regresso hora e meia depois. Bem que disse ao chef que se preparasse para esperar por mim, no afã de eu todos saudar. Quase me senti “Paulinho dos mercados” (faltam-me ainda as feiras) tantas as beijocas, abraços e mais ainda as fotos tiradas, algumas das quais aqui partilho. Gosto muito deste contacto real e franco com as pessoas que acompanham o meu trabalho diário. Como recusar tanto afecto e simpatia?.

De regresso, de alma e alcofa cheias, é dar tempo ao chef para que nos prepare o almoço segundo o que ele já levava na ideia: biqueirão frito e choquinhos à algarvia para fazer boca, depois uma cataplana de sargo, dourada e amêijoas, como prato de sustança e por fim, para rematar, um dueto sulista, feito com as laranjas de cá, famosas pela sua doçura e muito sumo, e alfarroba, já que é vagem que por aqui não falta, de sabor adocicado, e felizmente que agora lhe dão outros préstimos que não o da alimentação do gado, como sempre se fez. A alfarroba merece um escrito à parte, tanto o que com ela se pode fazer e os benefícios que dela se podem colher. Mas adiante, que com isto são horas de almoçar, à mesa do chef, celebrando este Algarve autêntico e generoso, longe da bagunça estival e da habitual feira de vaidades.

foto2

foto3

foto4

foto5

foto6

foto7

foto8

foto9

foto10

foto11

foto12

foto13

foto14

foto15

foto16

foto17

foto18

foto19

foto20

foto21

foto22

foto23

foto24

foto25

foto26

foto27

13 comentários a “Manel vai ao mercado

  1. margarida cara nova

    Manuel Luis, foi muito engraçado estar na esplanada e ver e ouvir a satisfação das pessoas por o ver aqui por estas bandas como se costuma dizer.eu não o quis incomodar por isso só o observei e voilá…gostei da pessoa que transmite parecer ser em pessoa e a que mostra na tv…lol
    eu estava na esplanada com um casal meu amigo que vive em Toronto …
    Para terminar gosto muito das fotos que publicou,lindas. deixe que lhe diga que o Rui tb tem um ar mt simpatico…lol bem haja e vou continuar a ver o você na tv com a grande dupla (cristina/goucha).
    bjs
    margarida cara nova
    faro

    Responder
  2. MLG

    Muito obrigado pelos vossos comentários a esta publicação sobre o Mercado de Olhão. Gostei mesmo de ali ter estado. Em breve, no “Você na TV”,, mostrar-vos-ei um pequeno video feito por mim sobre aquela tão simpática manhã.

    Responder
  3. Ana Carina

    Oh gente da minha terra!! Que Orgulho!
    O melhor mercado de PORTUGAL e arredores..
    Desde que me lembro de ser gente que os sábados de manhã são sagrados, ida ao mercado!
    Pena não ter lá estado para lhe dar um grande abraço. Admiro bastante a sua pessoa!
    Um grande abraço e um beijinho.

    Responder
  4. Carla

    Manel preciosas fotos, adorei a reportagem !
    Não conheço o mercado de Olhão, o de Setúbal também me fascina.
    Sabe que cor do Salmão não é natural?
    Segundo um estudo que o meu irmão viu, a cor é artificial , os Noruegueses sabem disso só o comem -+ 1 vez mês.
    Continue assim, para mim é um energia positiva.

    Carla

    Responder
  5. Evelinda Reis

    Caro Manuel Luis Goucha, só fiquei com pena de não o ter encontrado e decerto que o raptaria, no bom sentido, a degustar a pipa #5 e algo mais no famoso “7 Estrelas”. Cumprimentos 😉

    Responder
    1. deolinda coelho correia costa

      Adorei encontrar “ ver pessoalmente : Excelente Apresentador, Manuel L. Goucha, uma simpatia: não podia deixar sem que tivesse-mos tirado uma foto, no sábado na Praça de Olhão, juntamente com Senhoras que também são Fãs dos seus Bons Programas na TVI::: Deolinda Costa faro 22- 10 -2015

      Responder
  6. graça almeida

    O Manuel no seu melhor sempre a mostrar nos sempre coisas bonitas obrigada e espero que tenha tido umas verdadeiras féria e continue sempre a tirar muitas fotos e a publicar mais uma vez obrigada-

    Responder
  7. helena morais

    GOSTEI DO SEU COMENTARIO SOBRE A MINHA TERRA E DOS MERCADOS DE QUAL ME ORGULHO TENHO PENA DE NAO O TER CONHECIDO POIS GOSTO MUITO DE SI DA SUA MANEIRA DE SER ADORO–O BEIJINHOS

    Responder
  8. Helder Ganhão

    Caro amigo, um grande bem haja em mostrar um tão bonito mercado como o da minha terra. E espero que o sr. Luís (peixeiro na sua 1ª foto, que conheço muito bem pois não compro peixe a outro peixeiro) o tenha tratado bem, pois também ele é um ser de boa energia. Cumprimentos.

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *