Frio, frio, frio…

Masterchef_Junior1

Se no primeiro programa o país se apaixonou pelo Pedro Jorge, na semana que passou foi o Gonçalo a levar com a ira de muitos espectadores, face à sua postura ao longo do segundo episódio e em particular em relação a um outro concorrente, o Francisco, no decorrer da prova que acabaria por o retirar da competição. Todos os concorrentes são jovens e estes podem ser cruéis, uns para os outros, sabêmo-lo, já era assim no meu tempo de criança se bem que na altura não se baptizasse essa violência, física ou verbal, de “bullying”. Sem querer desculpar a atitude do Gonçalo, nem o poderia fazer por ser lastimável, devo recordar que MasterChef é uma competição, não deixa de o ser, nesta versão Junior, um jogo se preferirem, e o Gonçalo é um jogador muito inteligente e competitivo. Já mostrou e continuará a fazê-lo nas próximas semanas que gosta de cozinhar e que tem muitos conhecimentos culinários. Possivelmente será o concorrente mais bem preparado teoricamente, já que na prática as coisas “fiam mais fino”.Na ânsia de querer impressionar os jurados, com muitas propostas e nomes pomposos, quando menos é mais, perde-se comprometendo, quase sempre, o resultado final, não sabendo lidar com a pressão e menos ainda com a rejeição. Que a sua participação no MasterChef Junior sirva para que ele perceba que em equipa todos somos um e que nos desafios individuais a vitória é mais saborosa se conquistada com lisura e respeitando o adversário. O Gonçalo é um jovem com tudo ainda para aprender, os pais terão o papel mais importante na formatação do seu carácter, mas não duvidem que estamos perante alguém que, a perceber a essência da Vida (episódios como o de ontem podem ajudar), poderá vir a ter um futuro brilhante. Não me parece é que massacrar o concorrente da forma como ele foi nas redes sociais, seja o mais indicado. Não é isso também uma prática de “bullying”? Se viu o programa que agora terminou, o terceiro da série de dez, terá percebido que a questão foi amaciada pelos próprios jovens. E depois, qual de nós pode atirar uma pedrinha que seja, por nunca ter errado ou sido menos correcto?

Masterchef_Junior2

Masterchef_Junior3

Masterchef_Junior4

Masterchef_Junior5

Masterchef_Junior6

Masterchef_Junior7

Masterchef_Junior8

Masterchef_Junior9

Esta semana a primeira prova, subordinada à temática da cozinha regional, foi marcada pela afoiteza da pequena Leonor. Quem diria que uma menina delicada e sempre vestida com saias de tule ” à princesa”, como usa dizer, iria pedir à produção que as enguias, representativas da região centro, estivessem vivas, para que fosse ela própria a amanhá-las! Está habituada a isso, mais a mais sendo de Aveiro, cidade onde as enguias são verdadeiro pitéu, e soube surpreender os jurados com uma suculenta caldeirada. A ideia desta prova era celebrar o que de melhor tem a nossa cozinha tradicional e ao mesmo tempo honrar as raízes ou afinidades geográficas de cada um dos concorrentes. O João Mata, optou por uma acorda de bacalhau, usando o inconfundível pão alentejano e de acordo com as suas memórias da casa dos avós de Beja. A dita apresentou-se muito equilibrada em sabor. Já o mesmo não podemos dizer das papas de sarrabulho do Gonçalo, tão ao gosto minhoto, ele que é de Fão (terra das Clarinhas) uma vez que abusou dos cominhos. Em sendo assim, apesar de imprescindíveis nas papas, os cominhos acabam por anular todos os demais sabores, tornando a receita imprestável. Já não espanta verificar que este concorrente, de tão seguro de si que é, lida mal com qualquer opinião contrária. Repito que este concurso televisivo pode ser útil para o Gonçalo aprender que a rejeição faz parte de todo um processo que se espera evolutivo, ao longo da Vida. Ainda agora começou este programa mas garanto-lhe que este jovem vai ser confrontado, várias vezes e em diversas situações, com o “não”, não deixando por isso de ser um brilhante concorrente, redigo, pelos conhecimentos teóricos de cozinha que possui, pela argumentação que exibe, pela personalidade, com traços muito discutíveis sem dúvida, que mostra ter. No MasterChef, seja Júnior ou Sénior, avaliamos talentos culinários e não caracteres, sendo que estes podem ajudar ou prejudicar todo um desempenho. Não premiamos os mais bonzinhos, os mais fofinhos ou os mais bonitinhos…premiamos os mais talentosos. Agora, tanto melhor se forem de trato agradável e polido. O Gonçalo tem muito para aprender, para melhorar…e afinal não temos todos nós?. Eu, por mim falo, que só me darei por acabado no dia em que me finar!

Voltando à primeira prova, registe-se que a Maria, outro dos concorrentes a que não se fica indiferente, ainda que por motivos distintos, optou e bem por uma sopa da matança, receita que muito tem a ver com a região de Trás-os-Montes de onde é natural. A Maria, será, a meu ver, uma das mais luminosas concorrentes, revelando um notável domínio da linguagem televisiva. Temo que não dê para perceber a segurança e a graça com que a Maria enfrenta o olhar da câmara sempre que está sobre ela. Aliás, sejamos justos, nenhum concorrente se sente intimidado por estar na televisão.

A cozinha após esta prova ficou que nem campo depois de uma batalha, quando o que também se pretende é que os jovens concorrentes sejam metódicos, organizados e limpos enquanto preparam as receitas. Excepção seja feita à Rosarinho, sempre discreta e muito eficaz. As exigências que atrás referimos estão sempre presentes no seu trabalho. Começou por nos apresentar umas migas de couve e broa com alheira frita deliciosas, saindo assim com sucesso da sua zona de conforto, a pastelaria, e a sua bancada estava como se não tivesse cozinhado.

Masterchef_Junior10

Masterchef_Junior11

Masterchef_Junior12

Masterchef_Junior13

Masterchef_Junior14

Masterchef_Junior15

Masterchef_Junior16

Masterchef_Junior17

No MasterChef Junior nem todos os desafios envolvem execução culinária e esse é outro aliciante desta série, pelo que de imprevisível pode trazer à competição. Ver entrar em estúdio dezoito metros de pizza, ainda a estalar, é um momento inesquecível pela cara de espanto e pelas observações dos concorrentes. A juntar ao aparato da pizza e dos seus “pizzaiolos”, a presença de Sara Prata veio acrescentar uma cumplicidade, entre todos, que pensei não existir. A actriz é por demais gabada dado o seu muito talento mas a todos tocou pela sua simpatia e generosidade. A prova levou tempo a começar a ser gravada e por isso a Sara esteve fechada algumas horas no camarim, para que se mantivesse a surpresa da sua presença. Pois em momento algum houve sinal de cansaço ou enfado, tendo aceitado o desafio de descortinar o maior número de ingredientes que a pizza levava, em pé de igualdade com os jovens. Foi uma prova feliz em todos os sentidos. E é claro que até os jurados se atiraram à… pizza!

Masterchef_Junior18

Masterchef_Junior19

Masterchef_Junior20

Masterchef_Junior21

Masterchef_Junior22

Restava a prova de eliminação, a mais temida de todas, a que que dita a saída, programa a programa, de dois jovens, os menos pontuados. Ainda assim não deixou de ser um divertimento até ao momento da contabilidade final, muito por via do que a produção criou para embrulhar o tema da prova: os produtos Pescanova. A temperatura do estúdio é sempre agradável, até porque se trata de um programa de cozinha, e há que ter em atenção a adulteração de alguns produtos alimentares quando expostos a elevadas temperaturas, mas daí aos jurados terem de se vestir que nem esquimós vai uma grande distância. O que se pretendia mesmo era dar a ideia do ambiente frio dos mares do Norte, onde são pescados alguns produtos da marca, não faltando sequer a queda de ” neve” aqui feita de papelinhos imaculados. É impressionante ver como estes jovens alinham na brincadeira, neste “fazer de conta”. A entrada deles na cozinha foi repetida quatro vezes, e à quarta repetem sempre as reacções com a frescura de uma primeira vez. O que ri ao vê-los a tiritar de um frio que não se fazia sentir, de todo. É o que eu digo: grandes fiteiros. Tudo pelo espectáculo que é o MasterChef Junior.

Masterchef_Junior23

Masterchef_Junior24

Masterchef_Junior25

Masterchef_Junior26

Masterchef_Junior27

Nesta prova foi a Ana quem mais me surpreendeu pelo seu caril de gambas. Perfumado, delicado, com o marisco no ponto. A mesma sorte não tiveram o Lucas e a Nair. As suas propostas foram as menos conseguidas o que, a acrescentar ao pontos obtidos pelos dois nas provas anteriores, acabou por ditar a sua saída de competição. Será que vamos voltar a vê-los, em prova?

Na próxima semana:

Mais do que nunca o MasterChef Júnior ficará entregue à bicharada.

Masterchef_Junior28

Masterchef_Junior29

Masterchef_Junior30

Masterchef_Junior31

26 comentários a “Frio, frio, frio…

  1. Lourdes Clement

    Manel Luís os nossos meninos , são uns fofos, porém parece-me que são menos bons cozinheiros que os australianos e mesmo os americanos, mas pode ser que esteja errada. Bom programa sim Senhor (es).
    Um enorme beijo de gratidão por ser como é!

    Responder
  2. Tatiana

    Boa Noite Manuel Luis Goucha
    Sobre este assunto do Gonçalo acho que foi muito mediatizado sem ser necessario , ora vejamos ele é uma criança ainda nao aprendeu tudo na vida, tudo bem a atitude não foi a mais correta para com o colega mas as pessoas ao irem critica-lo nas redes sociais também nao resolvem nada!
    Quanto a si tenho de lhe dizer uma coisa no que toca a ida ao programa do voce na tv, nao sei se se lembra de que eu era a jovem que queria ir aí no dia 26 maio mas o Manuel disse em direto que nao estaria nesse dia, ora eu fui nesse dia na mesma , só conheci ainda a Cristina mas como ja lhe tinha referido o meu sonho era conhecer os dois e marquei para dia 10 junho(sexta-feira) quando hoj não quis acreditar no que estava a ouvir a Cristina nao ira estar presente, olhe entao a monha sorte á terceira nao foi de vez porque é a terceira vez que lá vou e nao estou com os dois , la se vai o sonho de novo Mas a parte boa é que vou estar pela 1° vez consigo, nao sou do masterchef, nem tenho a idade deles,tenho 16 anos mas queria quando o vir esta sexta pela a qual espero ansiosamente chamar-lhe “Tio Goucha” e ter um abraço e um beijinho seu.. A coragem de lhe dizer que o admiro vai me faltar, mas o momento nao quero esquecer, vou realizar parte do meu sonho que é receber um afeto dos melhores homens de Portugal, espero entao até sexta-feira porque quem espera sempre alcança. E quem esperou até ter 16 anos também espera mais uns dias , é o meu ídolo Manuel.. Beijinhos de admiração e carinho incondicionais

    Responder
  3. Madalena Ferreira

    Olá MLG,

    Mais um programa maravilhoso!

    Gostei dos miúdos, da convidada e dos três adultos que dão a cara pelo programa. Quanto ao resto, não quero comentar e pareceu-me até ser um programa de afectos?! O que é bom.
    Gostei e o resto é conversa!

    Um abraço,

    Responder
  4. Carla

    Manuel
    Optima reportagem, optimas fotos, as crianças de hoje vão ser os adultos de amanhã. Lindos todos.

    NB- Permita-me dar os parabéns aos 2, gostei muito das palavras da Cristina, saber tocar alguma mulher, fazê-la seguir em frente com os seus sonhos… juntos tocam, despertam muitos, o povo precisa de alguém que os desperte. Precisa de liberdade de expressão, liberdade num todo, sem pudores. Viva a liberdade, vivam os malucos que dizem tudo o que pensam, se ser maluco é ser assim, eu quero ser um deles.

    http://www.tvi.iol.pt/vocenatv/videos/cristina-ferreira-entre-as-mulheres-mais-influentes-do-pais/574ed8740cf22c4188c3e7d3

    Adorei- Só me apetece é ganir :)

    Abraço
    Carla

    Responder
  5. Isaura Soares

    Olá a todos.
    Quero deixar aqui o meu agradecimento por se terem lembrado de nos entreter com este maravilhoso programa. Eu sou fascinada por ele e admiro muito estas pequenas crianças que francamente tomara eu conseguir o que eles conseguem fazer.
    Um Bem Haja ao tio Goucha, não o conheço pessoalmente, só mesmo na TV mas é uma excelente pessoa, simpatizo muito com ele, e admiro também a sua dedicação e o carinho muito grande que dá a todos os meninos.
    Qualquer destas crianças serão otimas cozinheiras mais tarde e esta recordação permanecerá sempre nos corações de cada um.

    Quanto ao melhor, não há, são todos pois todos temos momentos menos bons para que as coisas não nos corram bem….Será um vencedor é certo mas não quer dizer que seja o melhor. Para mim já são todos MASTER CHEFES.
    Muito Obrigada TVI, e a todos os chefes e ao tio Goucha por este programa fantástico e por me fazerem uma boa companhia ao domingo á noite .

    Responder
  6. Manuel Henriques

    Eu ia comessar por dizer sem comentarios. Mas seria talvez ironico de minha parte se nao o fizesse,e só vou dizer isto.Como é que é pocivel um apresentador com o gabarito que tem o Senhor Manuel Luis Goucha,defensor convicto que é contra o “bullying” aqui neste programa incentive uma crianca de 11 anos a fazelo contra os seus companheiros de programa.Dizer só que este senhor que tinha o seu caracter o seu proficionalismo em alta nao só em Portugal como no estrangeiro prencipalmente aqui onde me encontro no Reino Unido mais precisamente em Londres,onde perdeu muita da credibilidade que tinha onde todas as manhas pediam que fosse a tvi a ser passada na tv, por causa da grande desilucao que foi e tem sido este mesmo senhor Luis Goucha no que toca a esta questao,a meioria dos restaurantes, bares e pequenos comercios que se encontram aqui em Londres pedem para tirarem a tvi da tv e passarem para outro canal.Hoje digo e afirmo que se a tvi vier com essa de que sao os primeiros no que diz respeito a serem os primeiros nas sondagens que fazem,repito e afirmo que estaram a mentir descaradamente.Quanto ao senhor Manuel Luis Goucha que desilusão.

    Responder
    1. MLG

      Manuel Henriques
      Eu incentivei o que?! Realmente quando penso que já ouvi de tudo, ainda sou surpreendido. Ou não viu o mesmo programa ou não compreendeu o português falado no programa. É capaz de ter isso a segunda hipótese a avaliar pelo seu português escrito . E sim MasterChef Junior lidera as audiências, domingo após domingo. Desejo-lhe as maiores felicidades.

      Responder
  7. ana dias

    Boa tarde :

    Como adoro este programa ! Como gostaria de cozinha como essa crianças … como elas manejam as facas , eu não consigo.. . A relação entre alunos e jurados é óptima , tenho a certeza que haverá crianças que saíram do programa com outros valores … assim eles tenham tempo e permaneçam no programa… há crianças que nos cativam .
    PARABÉNS TIO GOUCHA

    Responder
  8. regina valente

    Luis gostei muito do programa de ontem e depois de ver o Gonçalo e do abraço que lhe deram achei que ele é uma criança formatada só para ser o melhor, se calhar a formatação já vem do berço, mas tem-lhe faltado o que é mais necessário para que venha a ser uma criança feliz e um adulto bem formado, que são os abraços, os os beijinhos sobretudo os afetos que todos precisamos, e um ralhetezinho de vez enquando, adorei a imagem de todos a abraçarem-se, depois do que li sobre o Gonçalo , sou fã nº 1 e de todos também,parabéns ao programa

    Responder
  9. Claudia

    Gosto imenso do programa e ver crianças tão talentosas e a simplicidade e amizade que as caracteriza derrete qualquer coração. Maria de Alfândega da Fé…a verdadeira essência de Trás-os-Montes :) Excelente participação, pela alegria, pela simpatia, verdadeira amizade e pela determinação! Estão todos de Parabéns! Verdadeiros Chefes e que um dia todos tenham grande sucesso, Portugal agradece :)

    Responder
  10. Dania Brasil

    Olá… adoro ver o programa é tento não perder pitada mas, a atitude do Gonçalo… mostra na verdade o quanto às criancas podem ser maldosas! Também sou mãe, e por mais que se tente dar educação as vezes temos surpresas mas, se fosse a minha filha no lugar do Gonçalo e com a atitude dele saia na hora do programa. Esse menino não merece estar aí, não gosto da atitude, não tem consideração por nada nem ninguem… tive pena do outro menino ter saído mas,foi lindo a atitude dele assumir a sua culpa,isto mostra que quando uns podem ser “muito maus ” ainda há muita ingenuidade em outros…

    Responder
  11. maria pinto

    Fantástico programa e é muito bom ver a cumplicidade entre os jurados e os concorrentes. Sem dúvida que o Gonçalo precisa de humildade e penso que o que mais choca os telespectadores é a forma adulta e desprendida como fala para a idade que tem. Estou curioso para ver qual vai ser o seu percurso…sem dúvida que o Masterchef ainda tem muito para dar!
    Parabéns pelo programa!

    Responder
  12. Guida

    Eu chorei quando o Gonçalo disse que não gostava de abraços. Porque motivo é que uma criança não gostaria de ser abraçada? Fiquei tão emocionada quando na prova seguinte os jurados lhe proporcionaram todos aqueles abraços. É muito fácil não gostar dele. O difícil é gostar. Porquê? Sim, terá os seus problemas, mas não podemos ser muito duros com ele. É uma criança apenas. Tem uma história, precisa de orientação.
    Vejo crianças muito saudáveis ali. Todas elas o são, mas talvez o Gonçalo o seja menos.
    A Maria, faz-me restaurar a fé na humanidade, ainda existem bons pais. Que Ser Humano fantástico é ela! Uma doçura, um orgulho imenso. Gosto tanto de todos, vejo ali Seres Humanos bem preparados para o futuro.
    E o menino que saiu.. meu Deus… Tanto que me fez rir… ora chorava ora vomitava, quando estava nervoso. As meninas são em regra mais fortes. Gosto disso. Mais confiantes e assertivas.
    Estou a adorar a edição. Parabéns à produção e aos jurados, em especial ao MLG que tem a capacidade de sair de si próprio para analisar de forma isenta as situações. Uma equipa fantástica. O encaixe perfeito. <3

    Responder
  13. Telmo Santos

    Caro Manuel Luis Goucha. De facto o que se fez nas redes sociais em relação ao concorrente Gonçalo pode não ter sido o mais correcto. De qualquer forma notamos nós (telespectadores) que se trata de uma criança formatada na sua educação de berço e que se destaca de todos os outros. É uma criança que está constantemente a considerar se bom e superior a todos os outros e não o culpo por isso pois tal atitude vem de casa. Nota se que é uma criança com claras faltas afectivas nomeadamente atenção e carinho.
    Com tudo no programa de hoje fiquei contente com a atitude dos chefes e do tio. Fizeram no sentir que a vida em comunidade e vivida com afecto e partilha é muito melhor. Parabéns. Um abraço

    Responder
  14. Ana Pereira

    Adoro os seus comentários sobre cada programa. Concordo plenamente consigo nos comentários que faz ao concorrente Gonçalo e sinceramente não consigo gostar muito desse concorrente por o achar muito arrogante. Mas espero que este programa o ajude a crescer, pois precisa disso. Parabéns ao programa, aos pequenitos concorrentes e aos grandiosos jurados.

    Responder
    1. Vania

      Parabéns pelo programa….acho expectacular….quanto ao Gonçalo é A sua atitude que faz com que ás pessoas nao gostei tanto dele….em todos os programas esta sempre á espera de ser o melhor E nao aceita que os outros tambem possam ter um prato bom….no entanto gostei da atitude do Francisco que assumiu A culpa por o Gonçalo lhe ter dado maus conselhos…..mas adoro o Pedro Jorge pela humildade E pot nunca ficar chatiado dos outros poder em ter um prato melhor que o dele….nao posso ver o programa no domingo mas na segunda nao perco no tvi player….espero que para o ano volte a haver masterchefe junior ou senior….bjs

      Responder
  15. ANA MARIA CARDOSO

    Boa noite Sr.Manuel L. Goucha, sou fã deste programa, adoro a maneira como todas as crianças cozinham e tratam os alimentos, como eu gostava de ter um bocadinho da imaginação deles. Em relação ao Gonçalo, concordo completamente consigo, o miúdo tem realmente atitudes e comentários que não são próprios para a idade dele, terá que ser corrigido e ter uma melhor educação, e esta , tem que se dada pelos seus mais próximos . Esta criança terá que ser “moldada” rápidamente, ou então não irá ser feliz no seu futuro.
    Bem hajam

    Responder
  16. Geninha Vieira

    Boa noite! Antes de mais, parabéns pelo homem que é e pela meiguice no trato com as crianças… de facto, não é necessário ser-se pai para demonstrar afectos!
    Esses tais, dos quais carece o Gonçalo.. carência de afectos notada pela relutância aos abraços. Fui Educadora ao longo de 18 anos e, a maior lição que aprendi foi, nunca “apontar o dedo” a um comportamento, mas sim entender o que o despoleta…
    Nota: o vencedor do desafio foi o “Quico”!
    Como diz o meu filhote de 15 anos:
    “- simpatizo muito com o Goucha! Não tem papas na língua e diz o que pensa.. de facto, um homem não se mede pela sua virilidade!”

    Responder
  17. Alexandre

    Não sou de intrigas, mas o Pedro Jorge, depois da atitude que teve no episódio anterior, deveria ter saído de emediato, pois jovens destes já com pouca humildade desde tenra idade, não são nada bom exemplo para os outros jovens da idade dele, que se têm comportados como jovens educados e já com muito bons prencípios. À parte disto tudo, adoro e acho que é um formato impecável de programa, mesmo feito à medida para si (Goucha). Tudo de bom e continue sempre ser o tipo de pessoa impecável que tem sido ao longo destes anos que permanece na tv.

    Responder
    1. Nuno Dias

      Boa noite,

      Penso que se refere ao Gonçalo, não ao Pedro Jorge 😉
      Fantástico programa e é muito bom ver a cumplicidade entre os jurados e os concorrentes. Sem dúvida que o Gonçalo precisa de humildade e penso que o que mais choca os telespectadores é a forma adulta e desprendida como fala para a idade que tem. Estou curioso para ver qual vai ser o seu percurso…sem dúvida que o Masterchef ainda tem muito para dar!
      Parabéns pelo programa!

      Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *