Crème brûlée

SONY DSCGosto da sua cor alilasada e do seu olor. Já os Romanos a usavam nos banhos dadas as suas propriedades anti-sépticas. Por cá é muito utilizada para perfumar gavetas, quando não, mais tradicionalmente, em benzeduras e defumações. Já eu, acrescento a alguns doces a que cresce e floresce no meu jardim.

creme_brulee
Crème brûlée…
…dizem os franceses. ‘Creme queimado’ é a tradução à letra, se bem que para nós creme queimado seja o leite-creme. E não é tudo a mesma coisa, que se o leite-creme é feito ao lume, já o “creme brullée” é feito no forno. Confesso que é das minhas sobremesas favoritas e desta fi-lo perfumado de alfazema.

1/2 litro de leite
1,5 dl de natas
1 colher (sobremesa) de alfazema seca
8 gemas
200 gr. de açúcar branco
açúcar mascavado claro, para queimar

Leve o leite ao lume com a nata e alfazema e deixe levantar fervura.
Retire o leite do lume e deixe repousar, para ganhar sabor, por uns quinze minutos. Findo esse tempo, coe o leite.
Bata as gemas com o açúcar. Junte-lhes o leite, mexendo sempre.
Coe este preparado e distribua-o por ramequins, ou seja, pequenas taças de louça que possam ser levadas ao forno.

Pré-aqueça o forno, a 150C.
Leve os ramequins ao forno, em banho-maria, por uns 40 minutos, ou até que o creme fique firme.
Deixe arrefecer e mantenha-os no frigorífico até ao momento de servir.
Polvilhe os ramequins de açúcar mascavado claro e queime com ferro em brasa, maçarico, ou leve-os ao grill do seu forno, previamente ligado.
O crème brûlée é delicioso quando bem frio e com a cobertura de açúcar quente e crocante.

Tome nota:
O uso da alfazema é facultativo.
Pode substituir por vagem de baunilha.

SONY DSC

32 comentários a “Crème brûlée

  1. Helena

    Olá Manuel Luís há longos anos que uso a maravilhosa alfazema para vários fins, como por exemplo, infusão em álcool com o volume de 75 graus para curar feridas; é radical, e também o chá, para curar dores de estômago, para desinfetar a boca, depois de escovar os dentes, é o melhor elixir. Não esqueço nunca de visitar os maravilhosos campos de Alfazema quando vou a Aix em Provence. E quando faço brigadeiros, não faltam estas maravilhosas flores na minha receita . Sua fã , junto com a Alfazema . Um bom fim de semana. Helena.

    Responder
  2. Maria Helena D.Zcruz

    Gosto muito do creme burlle. Mas não sabia fazê-lo.obrigada por publicar a receita. Também gostaria de pedir -lhe um favor.Gostava que me arranjasse a receita da broa de Avintes caso seja possível.Faco broa normal aqui de Viseu mas gosto muito da de Avintes.desde já o meu obrigada. Um abraço.

    O

    P

    Responder
  3. Fatima Marinho

    Boa tarde Manuel Luis o creme vai ao forno em banho maria ou nao é preciso.Um Beijo grande daqui do Luxemburgo e de uma grande fa sua.Bem haja por tudo.

    Responder
  4. rafaela deubel

    Já estava a estranhar e a sentir a falta das suas receitas, sempre excelentes e fáceis de fazer, talvez pela maneira como as descreve. UM MUITO OBRIGADA….

    Responder
  5. augusta costa

    Manuel Louis eu sou uma grande fã sua eu sei que o Manuel sabe fazer doces eu sou louca pelo chocolate gostava de saber se existe uma receita de bolo de chocolate sem manteiga e sem leite porque eu não gosto se existe agradecia que me mandasse no facebok muito obrigada

    Responder
  6. Maria Emilia Cunha Lopes

    Quando vai estar a Cris e o Manel juntos no programa ,tenho k lá ir com a Rafaela.Como sempre o Manel anda um primor de bom gosto,agora só tem de pôr de parte ou modificá -lo o casaco de sexta acho k é esse,já está um pouco visto.Bjkas de uma grnd fã

    Responder
  7. Maria Emilia Cunha Lopes

    Deve ser um doce maravilhoso,sabe tenho vários livros seus entre eles o Doce sem açúcar, o se leite creme tb deve ser bom leva é MTS ovos.Mas quero agradecer-lhe por me responder e mandar um beijinho,fiquei feliz por pouco, com sou carente agradeço-lhe mt a atenção .Bjos sempre k possa fale (onde está o se leite creme,é o seu leite creme tb.

    Responder
    1. MLG

      Eu faço-o com alfazema para aproveitar a que cresce no meu jardim.
      Uso-a também noutros doces. Mas pode fazer a receita com outro aroma a seu gosto.

      Responder
  8. Carlota Joaquina

    Manuel Luís

    Provei este doce num restaurante de um Hotel do Lago di Como .

    Procurei em varios livros e não encontrei hoje foi
    uma bela supresa

    Abraço

    Carlota

    Responder
  9. manuela caldeira

    Bom dia
    Obrigada pela receita. Gosto muito do creme mas nãosabia como fazê-lo.
    A minha dúvida é como secar a alfazema. Não sei como se deve apanhar nem quando e depois como a secar. Poderá responder-me esclarecendo as minhas dúvidas?
    Um grande obrigada e um abraço.

    Responder
    1. MLG

      Pode fazer ferver o leite com a flor da alfazema ainda não seca. No caso de colher flores de alfazema seque-as num tabuleiro num local seco e abrigado da luz. Uma vez secas é guardá-las em potes de vidro. O processo é o mesmo usado para secar outras flores e plantas de bom cheiro. Cá em casa faço o mesmo com salva, o alecrim, o tomilho e a lucia-lima. E mais houvesse…Um beijo

      Responder
    1. MLG

      Também o leite creme pode não levar farinha. Tenho uma receita que leva muitas gemas e nada de farinha. Mas o creme brullée nâo leva farinha de todo. Ukm beijo

      Responder
      1. Maria Aires

        Grande homem, publica as receitas e ainda comenta, outros estão-se borrifando, não ligam aos seus seguidores, beijinho Manel, gosto muito de si.

        Responder
  10. Maria ladeira

    Olá Manuel Luís…
    Há já algum tempo que desejava “bisbilhotar” o seu blog…e não me surpreendeu!
    Conhecendo-o apenas da TV…como uma pessoa elegante,,,charmosa…transpirando verdade…um comunicador por excelência…(deixo os defeitos para os outros)…deparo com um blog lindo…um fundo “elegantérrimo”…os temas interessantes…as fotos brilhantes!
    Parabéns por partilhar momentos connosco…e se puder “crochetear” momentos comigo…apareça em “Crocheteando…momentos”
    Tenha uma semana repleta de excelentes instantes!

    Responder
  11. Veritah Carreirinha

    Adorei a receita, ta fantástica Manuel luis, comento aqui porque no Facebook não consigo fazer nada, mas no da Cristina já dá, não sei porque! Beijinhos

    Responder
    1. Madalena

      Há muito que desejava obter a receita do “crème brûlée”, porque
      gosto muito, já comi em vários sitios(principalmente am Paris) masnão o sabia confecionar. Obrigada Manuel, pois vou experimentar a sua receita que me parece uma delícia! Bem haja!
      Madalena

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *