COMPOTA DE CASCAS DE LARANJA

Tenho-as bravas no jardim e já que não lhes aproveito o sumo por amargar, dou bom uso às cascas, delas fazendo uma deliciosa compota. Veja como:

Descasco as laranjas (umas seis a oito), usando o descascador de batatas, para apenas tirar a parte laranja do fruto. Depois corto os pedaços de casca em tirinhas. Levo-as ao lume num tacho com água e deixo ferver por uns cinco minutos.  As cascas são escorridas antes de voltarem ao lume com uns duzentos e cinquenta gramas de açúcar (uso o açúcar próprio para fazer compotas e gelados, porque contém pectina, um gelificante natural, à venda nos bons supermercados) para 1,5 dl. água. Junto ainda um cálice de cointreau (ou de outro licor de laranja). Deixo ferver em lume brando até que a calda ganhe ponto de pérola.

doce de laranja

14 comentários a “COMPOTA DE CASCAS DE LARANJA

  1. Lília

    Bom Dia Manuel Luís
    Adorei esta sua sugestão e vou experimentar a receita, mas diga-me: à falta de Cointreau ou outro qq licor com sabor a laranja, acha que ligará bem com Vinho do Porto?

    Responder
  2. Ana Teodoro

    Boa Tarde, Manuel Luís só hoje tive um tempinho para visitar o seu blogue. Achei “Amazing” … Obrigado pelo bom gosto, mas principalmente pela Cultura e gosto também pelo que é Nacional sem descriminação de qualquer tipo. Bem haja, fique bem.

    Responder
  3. Luisa Lamim

    Este doce parece-me interessante! Faço um também com laranjas amargas, mas utilizo-as no seu todo, fica bom mas , este seu com o licor deve ficar bem simpático.
    Cumprimentos
    Luisa

    Responder
  4. maria figueiredo

    eu costumo fazer licores de poejo,limao ,manga,e marmelo e mais alguns outros adoro fazer licores ,bolos ,pao varias comidas mas estou atenta a varias receitas ke vejo na tvi

    Responder
  5. Daniela

    Pode Fazer também belos licores,ja pensou nisso? Acho excelente aproveitar uma casa com jardim e plantar as suas proprias coisinhas. A comida além de ser mais saudavel, é bem melhor em tudo. Quando poder o meu desejo sempre foi este e AINDA VOU TER =)

    Responder
  6. Berta Veiga

    nasceram azedas para não terem utilidade mas mesmo assim viram doce!é assim mesmo o amargo da vida devemos transformar em doce.já agora um conselho as laranjas coloque metade em cada lavagem na maquina da louça pois evita o mau cheiro da maquina e que se gaste dinheiro em ambientadores para o seu interior além de que é ecológico.

    Responder
  7. Isabel de Miranda

    Costumo fazer esta compota/doce, mas dou-lhe o nome de :” doce de laranja amarga”, nunca experimentei com cointreau, mas vai ser numa próxima.
    Muito obrigada pela partilha

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *