As nossas trufas

trufas1

Hoje, na TVI, tinha à minha espera um presente daqueles tirados da terra, que muito aprecio. Veio de Cortiçadas do Lavre, freguesia do concelho de Montemor-o-Novo, conhecida também pelas suas túberas, a bem dizer as trufas brancas do Alentejo. Fungos são, de comer e chorar por mais, para quem gosta, como eu, do seu sabor e aroma intensos.

Apanhavam-se pela Semana Santa, não sei se se mantém essa tradição, mas certo é que o Manuel Silva lá andou pelos campos de Montemor para me dar agora esta alegria, que agradeço tocado. E juntou cartinha, dizendo que não nos esquecerá por termos mudado a sua vida no programa, à conta da rubrica “Portugal a Sorrir”, e prometendo nova remessa para o ano. “A pobre não prometas…” sempre ouvi dizer, logo veremos como será, que para já sei que estas irei saborear com ovos mexidos e espargos, também eles selvagens. Abençoada Primavera, com tudo o que de bom tem para nos dar.

trufas2

trufas3

trufas4

16 comentários a “As nossas trufas

  1. Veridiana Silva

    Obrigada Manuel Luís em meu nome e do meu marido. Só hoje tive conhecimento através da minha irmä,do comentário que fez no seu bloog,referente às túberas que lhe enviei.
    A minha irmä vive num monte perto de Portalegre e lá também se apanham,fica aqui o convite,quando estiver no Alentejo ,e como fica perto ,teremos muito gosto em lhe mostrar como se apanham.
    Mais uma vez obrigado por tudo.
    . Manuel e Veridiana Silva.

    Responder
  2. Custódia maria da silva manços

    É sempre com muito gosto que se encontra textos e comentários sobre coisas e pessoas que conhecemos. Que são genuínas da nossa terra. O Manuel silva teve realmente muita sorte em tê-lo conhecido S.r Goucha! Está um homem novo, e toda a gente da nossa aldeia (Cortiçadas de Lavre) está feliz por isso.
    Quanto ás túberas uma pequena curiosidade: É preciso desenterrar uma grande quantidade para selecionar 1kg de túberas redondinhas e lisas com essas da foto .

    Responder
  3. Custódia maria da silva manços

    E sempre com muito gosto que se encontra textos e comentários sobre coisas e pessoas que conhecemos, que são genuínas da nossa terra. Coisas e pessoas que conhecemos tão bem. O Manuel Silva teve realmente muita sorte em tê-lo conhecido Sr Goucha. Está um homem novo.,e toda gente na nossa aldeia (cortiçadas de lavre) está feliz por isso. (……)
    Quanto ás túberas uma pequena curiosidade: É preciso desenterrar uma enorme quantidade, para se selecionar 1kg de túberas redondinhas e lisas como as da foto.

    Responder
  4. Maria Tomaz

    Quem sabe para o ano a promessa de uma nova remessa de tuberas não seja entregue em mão….:-)
    Ou melhor ainda uma lição de como se apanham…pode ser que o Sr Manuel Silva ( meu cunhado), numa das suas visitas à minha casa ( resido em Portalegre), o ensine a apanhar tuberas.

    Responder
  5. Elsa Realista

    Boa noite. O meu marido é de cortiçadas de lavre e nós trazemos muita vez as trufas. É bom sim senhor. Obrigada por falar sobre uma aldeia pouco conhecida. Cumprimentos

    Responder
  6. Vitória Santos

    Apesar de serem trufas, o nome delas são túberas!
    Ainda hoje o meu pai apanhou 15 kg!! Experimentem fazer migas de túberas com ovos! Deliciosas! :)

    Responder
  7. Carla

    Manuel
    Obrigado pela explicação, penso que na zona do alentejo não deve haver, em pequena ia com os meus avôs apanhar cogumelos, numca ouvi a minha avó falar de trufas. Tenho saudades desses tempos, de assar os cogumelos na lareira só com sal, de comê-los com ovos. O monte não tinha luz, nem água, mas tinha tudo o que uma criança gosta, ali respirava-se paz, harmonia, a natureza no seu máximo esplendor.

    “As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável”.
    Madre Teresa De Cálcuta

    Abraço
    Carla

    Responder
  8. Carla

    Manuel
    Confesso a minha ignorância, mas desconheço essas trufas.
    Parecem bolinhas de chocholate, comem-se assim?
    O Sr. que as enviou está grato por ter mudado a sua vida, como outros o estão, o Manuel sem saber é terapêutico ajuda as pessoas a desencapsularem. Faz as rir quando estão tristes, dá ensinamentos de vida positivos, acima de tudo é genuínio , não é outro Manuel fora da TV. É igual a si mesmo.
    Gostava de partilhar um documentário que vi, é mágnifico o que a Sra. nos relata e acima de mais o que nos ensina. Existem grandes seres, mentes brilhantes mas quase todas elas passaram por algo, que as fez mudar, o sofrimento. Por favor veja, que vai adorar.
    Perdeu o unico filho, agradece ele não ter sofrido, agradece ele não saber que ia morrer. É uma sobrevivente do holocausto tem 109 anos, passados 40 ainda visita a supultura do filho, toca piano, uma lição de vida.
    https://www.youtube.com/watch?time_continue=1788&v=fUFX0rF9OtA

    beso
    Carla

    Responder
    1. MLG

      Olá Carla
      As trufas têm de ser escovadas para tirar toda a terra e descascadas antes de as cozinhar. São brancas, sabem a terra, na minha opinião e são deliciosas.
      Obrigado pelas palavras e sugestão de documentário, mas já o havia visto.
      Um beijo

      Responder
  9. Celeste Maria

    Olá Manuel Luis Goucha! Nunca provei trufas destas. Vai concerteza confeccionar uma refeição requintadissima como sempre . Aproveite a ocasião para convidar a Cristina , para almoçar ou jantar! Cumprimentos e bom apetite para todos os que saborearem as ditas trufas.

    Responder
  10. Fatima Ribeiro Mariz

    adoro Manuel muito bom aspeto mas não ´é para o meu bolso desejo-te toda a felicidade do mundo boa noite e seja muito feliz

    Responder
  11. Alice Lopes

    Trufas!!!! Adoro!!! Quando era pequenina e morava nos Foros do Arrão a minha mãe costumava prepará-las com ovos mexidos, quando tinha ovos (de vez em quando o meu progenitor lembrava-se de dar as galinhas aos vizinhos!) É uma das escassas boas recordações que guardo desse tempo.
    Um abraço, até dia 25 😛 … e pode ir de branco 😀

    Responder
  12. maria

    Boa tarde,

    Dúvida, sr. MLG: como os cogumelos que algumas pessoas apanham nas florestas, também as trufas podem ser venenosas caso os apanhadores se “distraiam”?
    Votos de continuação de sucessos.

    Cumprimentos.

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *