As amêndoas da Avó Edla

pascoa

Impenitente lambareiro podia lá resistir às amêndoas da Páscoa! Francesas, ou de Moncorvo, de chocolate, recheadas de licor… sei lá quantas mais, que as há de todas “as cores”, conforme os sabores, e só não digo “e feitios” porque aí não há volta a dar, têm formato ovóide como que a lembrar que é no ovo que tudo começa. Não fosse a Páscoa para os cristãos signo de recomeço. Por elas me perco, que não consigo comer uma de cada vez, têm de ser logo duas ou três, tampouco deixá-las na boca sem trinca quase imediata. Daí a barrigada em chegando o tempo delas e se não as há de compra, cá em casa, ala para o fogão que a receita da avó Edla é de sucesso garantido.

As amêndoas da Avó Edla

200 gr. de miolo de amêndoa com pele

200 gr. de açúcar

2 chávenas (café) de água

Colocam-se todos os ingredientes num tacho e levam-se a lume brando.

Deixa-se ferver até que o açúcar atinja o ponto de areia.

Espevita-se, ligeiramente, o lume e, mexendo com uma colher de pau, deixa-se que as amêndoas ganhem um tom caramelizado, sem queimar.

Deitam-se as amêndoas sobre uma superfície de pedra e com o auxilio de um garfo separam-se as que, entretanto, se tenham pegado.

Como vê é fácil de fazer, só terá de ir vigiando a cozedura do açúcar. Este atinge o ponto de areia quando começa a secar e a agarrar às paredes do tacho. Fica, tal como o nome indica, com aspecto areado. Logo passará ao ponto seguinte, o de caramelo, e aí, sim, tem de ter cuidado para que o açúcar não queime. O que se pretende é que as amêndoas ganhem uma cor bonita. Se quiser, e vale esta sugestão como alternativa, no momento em que o açúcar fica em ponto de areia, pode polvilhar as amêndoas com uma colher (chá) de chocolate em pó. Obterá depois de concluída a preparação amêndoas de chocolate.

1 comentário a “As amêndoas da Avó Edla

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *